Fyodor Yurchikhin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fyodor Yurchikhin

Cosmonauta da Roskosmos
Nacionalidade Rússia russo
Nascimento 3 de Janeiro de 1959 (55 anos)
Batumi, ex-URSS
hoje Geórgia
Tempo no espaço 537d 02h 33m
Missões STS-112, Soyuz TMA-10, Expedição 15, Soyuz TMA-19, Expedição 24, Expedição 25, Soyuz TMA-09M, Expedição 36, Expedição 37
Insígnia
da missão
Sts-112-patch.png Soyuz TMA-10 Patch.gif ISS Expedition 15 patch.png Soyuz-TMA-19-Mission-Patch.png ISS Expedition 24 Patch.pngISS Expedition 25 Patch.png Soyuz-TMA-09M-Mission-Patch.png ISS Expedition 36 Patch.png ISS Expedition 37 Patch.png

Fyodor Nikolayevich Yurchikhin (russo: Фёдор Николаевич Юрчихин), (Batumi, 3 de janeiro de 1959) é um cosmonauta russo, veterano de quatro missões e mais de 500 dias no espaço.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Após a conclusão do curso secundário em sua cidade natal de Batumi em 1976, Fyodor entrou para o Instituto de Aviação de Moscou, onde se qualificou como engenheiro mecânico em 1983.

Após os estudos, começou a trabalhar para a corporação espacial russa RKK Energia, onde ficou de 1983 a 1997. Neste período foi um dos controladores no Centro de Controle de Missão da Rússia e ocupou várias posições e chefia como engenheiro, vindo a assumir o cargo de engenheiro-chefe nos programas Shuttle-Mir e Mir-NASA, joint ventures espaciais entre os EUA e a Rússia.

Em agosto de 1997, a Energia o colocou no programa de treinamento de cosmonautas da Agência Espacial, no qual, após dois anos de treinamento, foi qualificado para participar do grupo de astronautas em teste para as missões à ISS pelo lado russo.

Missões espaciais[editar | editar código-fonte]

Em 7 de outubro de 2002 foi pela primeira vez ao espaço como membro da tripulação da nave Atlantis, na missão STS-112, para dez dias de trabalhos na montagem da estação orbital. Esta foi a primeira viagem de um ônibus espacial com câmeras acopladas em seu tanque externo de combustível, que permitiu aos controladores da NASA uma visão ao vivo e in loco do comportamento externo da Atlantis durante o lançamento.

Cinco anos depois, ele foi pela segunda vez à órbita terrestre a bordo da Soyuz TMA-10, como integrante da Expedição 16 para uma estadia de seis meses na ISS. Durante sua estadia, ele e seu companheiro de vôo e de expedição Oleg Kotov fizeram uma caminhada no espaço de cinco horas, instalando painéis protetores para resguardar a ISS de possíveis danos causados por detritos espaciais.

Encerrou sua segunda experiência espacial em 21 de outubro de 2007, com o retorno à Terra e o pouso no Casaquistão, que não ocorreu segundo o previsto, porque foi feito a 320 km do ponto previamente estabelecido, devido a uma reentrada defeituosa na atmosfera terrestre.

Yurchikhin voltou ao espaço em junho de 2010 como comandante da nave Soyuz TMA-19, junto com os astronautas norte-americanos Douglas Wheelock e Shannon Walker, para uma missão de longa duração como engenheiro de voo das Expedições 24 e 25 na Estação Espacial Internacional. Retornou à Terra em 26 de novembro, depois de 163 dias em órbita..[1]

Participou de uma quarta missão em 28 de maio de 2013, onze anos depois de seu primeiro voo, quando foi lançado do Cosmódromo de Baikonur no comando da nave russa Soyuz TMA-09M para integrar as Expedições 36 e 37 na ISS.[2] Em 11 de novembro de 2013, ao retornar à Terra com sua tripulação depois de 166 dias em órbita, Yurchikhin trouxe consigo a tocha olímpica de Sochi 2014, que, levada ao espaço pelos tripulantes da Soyuz TMA-11M dias antes, foi a primeira tocha a integrar uma caminhada espacial no vácuo.[3]

Um dos mais experientes cosmonautas em atividade, ele é um veterano de oito caminhadas espaciais realizadas em suas quatro missões, com mais de 50 horas de exposição no vácuo,[4] o quinto astronauta da história da exploração espacial com mais tempo fora da nave (2013).[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Russian Soyuz space capsule lands safely with crew Wikinews (26 November 2010). Página visitada em 26 November 2010.
  2. New Station Trio Set For Launch Tuesday NASA. Página visitada em 28/05/2013.
  3. Expedition 37 Crew, Olympic Torch Land in Kazakhstan NASA. Página visitada em 02/12/2013.
  4. Astronauts and Cosmonauts with EVA Experience Spacefacts. Página visitada em 02/12/2013.
  5. Astronauts and Cosmonauts with EVA Experience Spacefacts. Página visitada em 02/12/2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]