Garra Sônica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Garra Sônica (Klaw, no original) é o codinome de Ulysses Klaw para cometer crimes. Ele é um personagem fictício do Universo Marvel criado por Stan Lee e Jack Kirby como inimigo super-vilão do Pantera Negra e do Quarteto Fantástico. Sua primeira aparição nas histórias em quadrinhos se deu em Fantastic Four #53.

História[editar | editar código-fonte]

Ulysses Klaw é um físico da Holanda, que trabalha na Universidade de Delft. Projeta uma máquina capaz de converter ondas sonoras em massa física ("som solidificado"). Porém, um dos materiais necessários está numa pequena nação da Àfrica, chamado Wakanda. Precisando desesperadamente de uma amostra, ele organiza um grupo de mercenários para ajudá-lo a roubar o metal africano.

Quando T'Chaka, o líder do culto nativo ao Pantera Negra, recusa-se a dar o metal a Klaw, ele ordena seus homens a matarem T'Chaka. Ao testemunhar a morte do pai o adolescente T'Challa, o atual Pantera Negra, pega a arma de ondas sonoras de Ulysses e a usa para matar os mercenários e ferir a mão esquerda de Ulysses com uma explosão.

Voltando para os Estados Unidos, Klaw tem sua mão amputada, mas usou uma arma de som para substituí-la. Dez anos mais tarde, ele retorna a Wakanda jurando vingança, mas o Quarteto Fantástico e T'Challa, o novo Pantera Negra, o impedem de cumprir seu plano. Klaw usou sua arma para atacar o reino do Pantera Negra, criando "criaturas de som solidificado". Com a derrota iminente, ele usou a arma em si mesmo e se transformou num ser de som, o Garra Sônica.

O Garra Sônica teve uma participação importante em Guerras Secretas, quando foi o principal capanga do Doutor Destino. O vilão não foi raptado pelo Beyonder. Ele foi inadvertidamente reconstituído por Destino, depois que havia sido aparentemente destruído pela mutante Cristal, a mutante que absorve som e o converte em luz.

Mais tarde, ele tentou atacar Nova York com sua máquina, não conseguiu e foi preso. Depois que foi solto, passou a fazer parte do grupo Mestres do Terror. Foi também integrante do Quarteto Terrível.

Aparições em outras mídias[editar | editar código-fonte]

  • A primeira aparição de Garra Sônica na televisão foi em 1967, quando participou de um episódio do desenho animado do Quarteto Fantástico.
  • Ele também apareceu no desenho animado Homem-Aranha e seus Incríveis Amigos, onde é visto preso numa prisão juntamente com outros vilões do Universo Marvel.
  • Por fim, apareceu nos mais recentes desenhos do Quarteto Fantástico, da década de 1990 até 2006.
  • No videogame Captain America and the Avengers, Garra Sônica é um vilão do primeiro nível.
  • No filme "Os Vingadores: A era de Ultron" em 2015.