Hongcun

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Cidades históricas do Sul do Anhui - Xidi e Hongcun *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Hongcun.jpg
Vista de Hongcun
País China
Critérios (iii)(iv)(v)
Referência 1002
Coordenadas Anhui, China
Histórico de inscrição
Inscrição 2000  (24ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

Hongcun é uma aldeia em Anhui, na China que conserva, de forma intacta e completa, antigas residências das dinastias Ming e Qing.

A Residência Chengzhitang, construída há 150 anos, é a mais conhecida em Hongcun. Era a residência do então maior comerciante de sal local, Wang Dinggui. Ela ocupa uma superfície superior de três mil metros quadrados e foi construída totalmente de madeira. Suas decorações, marcadas pelas esculturas de madeira, são grandiosas e complexas, facto que a leva a ser designada de "Cidade Proibida Popular".

A aldeia foi declarada, juntamente com Xidi, Património Mundial da Unesco.

História[editar | editar código-fonte]

No início da formação de Hongcun, os habitantes costumavam construir casas ao longo de um riacho. À medida que aumentava a população, o terreno à beira da água apertou. Se houvesse um incêndio, ninguém sobreviveria. Para evitar o perigo, os aldeãos decidiram conduzir água para cada família.

Aproveitando as quedas geográficas, os aldeões instalaram comportas no curso superior do riacho para controlar a corrente da água e fazê-la voltar ao curso inferior. A singular rede hidroviária vem despertando atenção de arquitetos do Japão, Alemanha e E.U.A., que elogiaram a inteligência dos antepassados além de ficar impressionados com o design.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Hongcun