Hugo van der Goes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Retábulo Portinari

Hugo van der Goes (1440 - 1482) foi um pintor flamengo.

Apesar de não existirem registos, suspeita-se que Goes terá ascendência portuguesa.

Ele entrou na guilda de artistas da região em 1467. Logo foi eleito chefe da guilda. Casou-se com Maria Maddalena Baroncelli em 1470 e teve dez filhos. Sofria de uma doença mental e retirou-se para um monastério para se recuperar. Foi considerado um membro leigo da organização. Tentou suicídio em 1480 e morreu dois anos depois.

Sua obra mais famosa é o Retábulo Portinari, encomendado pela igreja do Hospital da Igreja de Santa Maria Nuova, em Florença, por Tommaso Portinari, representante da Família Médici em Bruges. Suas obras mostram a influência de pintores como Jan van Eyck e Rogier van der Weyden.

Outros trabalhos seus, que merecem destaque, são A Sagrada Família, Madona com criança, Menino com Santa Ana e A Morte de Nossa Senhora.

Sua obra se caracteriza pela tensão dramática e pela sensação de movimento, unindo os contrastes coloridos aos tons de um realismo calmo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Projetos relacionados[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Hugo van der Goes

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.