I Am Sam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Nuvola apps important.svg
A tradução deste artigo ou se(c)ção está abaixo da qualidade média aceitável.
É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este artigo conforme o guia de tradução.
I am Sam
I Am Sam - A Força do Amor (PT)
Uma Lição de Amor (BR)
 Estados Unidos
2001 • cor • 132 min 
Direção Jessie Nelson
Roteiro Kristine Johnson
Jessie Nelson
Elenco Sean Penn
Michelle Pfeiffer
Dakota Fanning
Dianne Wiest
Loretta Devine
Richard Schiff
Laura Dern
Gênero drama
Idioma Inglês
Distribuição New Line Cinema
Receita $97,818,139[1]
Página no IMDb (em inglês)

I Am Sam (br: Uma Lição de Amor / pt: I Am Sam - A Força do Amor) é um filme americano, do gênero drama, lançado em 2001 escrito e dirigido por Jessie Nelson.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O filme relata a história de Sam Dawson (Sean Penn) um homem com atraso cognitivo que cria sua filha Lucy (Dakota Fanning) com uma grande ajuda de seus amigos. Porém, assim que faz 7 anos Lucy começa a ultrapassar intelectualmente seu pai, e esta situação chama a atenção de uma assistente social que quer Lucy internada em um orfanato. A partir de então Sam enfrenta um caso virtualmente impossível de ser vencido por ele, contando para isso com a ajuda da advogada Rita Harrison (Michelle Pfeiffer), que aceita o caso como um desafio com seus colegas de profissão.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

I Am Sam teve recepção mista por parte da crítica especializada. Em base de 33 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 28% no Metacritic. Por votos dos usuários do site, atinge uma nota de 7.4, usada para avaliar a recepção do público.[2]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Premiação Prêmio Indicação Resultado
Academy Awards Best Actor Sean Penn Indicado
Broadcast Film Critics Association Best Actor Sean Penn Indicado
Best Young Performer Dakota Fanning Ganhou
Grammy Awards Best Compilation Soundtrack Album for a Motion Picture, Television or Other Visual Media Indicado
Humanitas Prize Indicado
Japanese Academy Awards Outstanding Foreign Language Film Indicado
Las Vegas Film Critics Society Youth in Film Dakota Fanning Ganhou
Producers Guild of America Stanley Kramer Award Jessie Nelson
Edward Zwick
Marshall Herskovitz
Richard Solomon
Ganhou
Phoenix Film Critics Society Phoenix Film Critics Society Award for Best Youth Actress Dakota Fanning Ganhou
Satellite Awards Best Actor Sean Penn Indicado
Special Achievement Award for Outstanding New Talent Dakota Fanning Ganhou
Screen Actors Guild Outstanding Performance by a Male Actor in a Leading Role Sean Penn Indicado
Outstanding Performance by a Female Actor in a Supporting Role Dakota Fanning Indicado
Young Artist Awards Best Family Feature Film - Drama Ganhou
Best Performance in a Feature Film - Young Actress Age Ten or Under Dakota Fanning Ganhou

Referências

  1. I Am Sam (2001) - Box Office Mojo Box Office Mojo.. Página visitada em 19 de novembro de 2010.
  2. I Am Sam (em inglês) Metacritic. Página visitada em 8 de agosto de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]