Jampruca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Jampruca
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 27 de abril
Fundação 27 de abril de 1992
Gentílico jampruquense
Prefeito(a) Renato vieira Cacique
(2013–2016)
Localização
Localização de Jampruca
Localização de Jampruca em Minas Gerais
Jampruca está localizado em: Brasil
Jampruca
Localização de Jampruca no Brasil
18° 27' 46" S 41° 48' 14" O18° 27' 46" S 41° 48' 14" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Vale do Rio Doce IBGE/2008 [1]
Microrregião Governador Valadares IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Campanário, Itambacuri, Frei Inocêncio, Governador Valadares, Nova Módica e Pescador.
Distância até a capital 378 km
Características geográficas
Área 520,998 km² [2]
População 5 068 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 9,73 hab./km²
Altitude 200 m
Clima tropical Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,598 baixo PNUD/2000 [4]
PIB R$ 25 643,026 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 5 019,19 IBGE/2008[5]
Página oficial

Jampruca é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada em 2010 era de 5.089 habitantes (IBGE, 2010).

História[editar | editar código-fonte]

Em 1953, quando da construção da estrada Figueira a Teófilo Ottoni, muitos trabalhadores foram atraídos para a região, dentre eles o garimpeiro Jorge Francisco Agostinho, que fixando residência no local, fez surgir o pequeno povoado de São Sebastião de Jampruca, nome da fazenda pertencente à família Dantas, no município de Araçuaí. Foi distrito de Campanário até 27 de abril de 1992, quando ganha autonomia política, graças ao empenho do senhor Mizael Cabral de Lira, sendo o primeiro prefeito do município e do saudoso deputado estadual José Laviola.

Jampruca é composta por dois distritos: a Sede e São Sebastião do Barroso, criado lei estadual nº 10.704, de 27 de abril de 1992, mesmo decreto responsável pela criação do município.[6]

Turismo[editar | editar código-fonte]

A cachoeira do Tio Odoro, na fazenda Santa Julieta é o atrativo natural. A festa conhecida como "Festival da Linguiça", atrai diversos turistas e antigos moradores de outros estados e até de países estrangeiros para prestigiar.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (2007). Jampruca - Histórico (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Página visitada em 16 de julho de 2013. Cópia arquivada em 16 de julho de 2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.