Jeff Simmons

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jeff Simmons
Nome completo Jeff Simmons
Nacionalidade    Estados Unidos Norte-americano
Data de nascimento 5 de Agosto de 1976 (37 anos)
Registros na IndyCar Series
Anos 2004, 2006-2008
Times 4 (Mo Nunn, Patrick Racing,
Rahal-Letterman e Foyt)
Campeonatos 0 (16º em 2006)
Pontos 454
Voltas mais rápidas 0
Primeira corrida Estados Unidos Indy 500 de 2004
Última corrida Estados Unidos Indy 500 de 2008
GPs Poles Pódios Vitórias
26 0 0 0
Outros campeonatos
2000, 2003-2006, 2008, 2010 Indy Lights/Pro Series

Jeff Simmons (Hartford, 5 de agosto de 1976) é um piloto de automobilismo norte-americano[1] .

Carreira[editar | editar código-fonte]

Simmons iniciou sua carreira automobilística em 1998, correndo na Barber Dodge Pro Series. Na sua primeira temporada, sagrou-se campeão e também levou o título de rookie do ano, mas isso foi insuficiente para sua ascensão para a Indy Lights em 1999, retornando à Dodge Barber no mesmo ano.

Entraria na Lights em 2000, correndo pela equipe Green (hoje, Andretti Autosport), emplacou três pódios.

Sua volta à categoria foi em 2003, quando conseguiu seis pódios (um terceiro, dois segundos e três vitórias) e fechou a temporada como vice-campeão. A temporada seguinte não foi tão boa para Simmons, que teve dois segundos lugares como melhor resultado no ano.

Simmons voltaria a se destacar em 2005, ficando novamente com o vice, apesar de ter vencido quatro provas. As últimas temporadas do piloto na Indy Pro Series foram irregulares, tendo terminado abaixo do décimo lugar (12º em 2006, 13º em 2008 e 34º em 2010).

IRL[editar | editar código-fonte]

Simmons tentando a classificação para a Indy 500 de 2008, pela Foyt.

Estreou na IRL nas 500 Milhas de Indianápolis de 2004, terminando em décimo-sexto. Com a aposentadoria do veterano Al Unser, Jr. como piloto regular da categoria, Simmons foi o escolhido para ocupar sua vaga. No entanto, o nativo de Hartford acabaria fora dos planos da Patrick Racing para 2005.

Retornaria em 2006, pela equipe Rahal-Letterman, sucedendo Paul Dana, morto durante os treinos do GP de Homestead. Em duas temporadas, não conseguiu mais do que um sexto lugar no GP do Texas. Seu mau desempenho levou a Rahal-Letterman a demitir Simmons depois do GP de Nashville, dando lugar a Ryan Hunter-Reay. Em 2008, Simmons voltaria à IRL (já reunificada e novamente denominada IndyCar), somente para tentar a classificação para a Indy 500 do mesmo ano, e sua participação na prova durou 112 voltas em decorrência de uma batida.

Referências

  1. Superspeedway (20 de fevereiro de 2012). Perfil de Jeff Simmons.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.