Danica Patrick

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Danica Patrick
Danica 2010 cropped.jpg
Danica Patrick no ano de 2010
Nome completo Danica Sue Patrick
Nacionalidade    Estados Unidos Estadunidense
Local de nascimento Beloit, Wisconsin
Data de nascimento 12 de março de 1982 (32 anos)
Registros na NASCAR Nationwide Series
Anos 2010 - presente
Times JR Motorsports
Pontos 1141
Primeira corrida DRIVE4COPD 300 de 2010
Última corrida Scotts EZ Seed 300 de 2011
Corridas Poles Top 10 Vitórias
13 0 0 0
Registros na IndyCar Series
Anos 2005 - presente
Times Rahal Letterman
Andretti-Green/Autosport
Campeonatos nenhum
Pontos {{{indy_pontos}}}
GPs Poles Pódios Vitórias
99 3 7 1
Outros campeonatos
2003—2004 Toyota Atlantic

Danica Sue Patrick (Beloit, Wisconsin, 12 de março de 1982) é uma piloto de automobilismo norte-americana que compete na IndyCar Series. Em 2005 tornou-se a segunda mulher a conquistar uma pole position na categoria, foi indicada a estreante do ano nas 500 Milhas de Indianápolis e na temporada da IndyCar Series. Em 2008 tornou-se a primeira mulher a vencer uma corrida categoria ao vencer o Indy Japan 300.[1] No ano seguinte tornou-se a primeira mulher a subir ao pódio nas 500 Milhas de Indianápolis ao completar a corrida em terceiro lugar. No ano de 2010 Patrick passou a disputar paralelamente a NASCAR Nationwide Series pela equipe JR Motorsports, e já na temporada seguinte ela obteve o melhor resultado de uma mulher na categoria ao terminar em quarto lugar a corrida disputada em Las Vegas. Em 2012, ela disputou a temporada da NASCAR Nationwide Series pela equipe JR Motorsports. Especula-se que ela correrá em algumas etapas da Sprint Cup pela Stewart-Hass e as 500 milhas de Indianápolis.

Atualmente também é a garota-propaganda do site de registro de web domínios GoDaddy.com

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Danica começou a correr porque sua irmã Brooke Patrick queria correr. Ela ganhou inúmeros títulos de kart. Aos 16 anos, deixou sua casa nos Estados Unidos e foi para a Inglaterra, onde correu em algumas das mais difíceis séries juniores do mundo. O destaque foi um segundo lugar no Formula Ford Festival em Brands Hatch no ano 2000, o melhor resultado de um americano na história do evento. Esse resultado chamou a atenção do campeão das 500 Milhas de Indianápolis, Bobby Rahal, que assinou com ela um contrato e começou a assessorar sua carreira.

2005: estreia na Fórmula Indy[editar | editar código-fonte]

Danica estreou na categoria em 2005, e a temporada daquele ano foi excepcional para ela. A piloto começou e terminou em quarto na 89º edição das 500 Milhas de Indianápolis e ganhou o prêmio JP Morgan Chase Rookie do Ano. Essa havia sido a melhor largada e chegada de uma piloto mulher na história do evento. A estreante levou 19 voltas durante a corrida para se tornar a primeira mulher a liderar em Indianápolis. Ela fechou a temporada da Fórmula Indy vencendo a Bombardier Rookie do Ano após terminar em 12 º na classificação geral pilotando pela equipe Rahal Letterman Racing.

2007-2011: Andretti-Green[editar | editar código-fonte]

No ano de 2007, Danica trocou de equipe, transferindo-se da Rahal Letterman Racing, onde correu em 2005 e 2006, para a Andretti-Green.[2]

Em abril de 2008, Patrick tornou-se a primeira mulher a conquistar uma vitória em circuito fechado no automobilismo ao vencer o Bridgestone Indy Japan 300 no circuito Twin Ring Motegi.[3]

No segundo semestre de 2009 houve boatos de que Danica pudesse deixar a Fórmula Indy e ir para a Nascar (ela pilotaria na NASCAR Nationwide Series em 13 Corridas pela equipe de Dale Earnhardt Jr.). No entanto, a equipe Andretti-Green confirmou a renovação do contrato de Danica por mais 3 anos, afastando os rumores de tal troca de categoria.[4]

2012-presente: NASCAR[editar | editar código-fonte]

A partir do ano de 2012 Danica passou a pilotar na NASCAR.

Especulações sobre a Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Por várias vezes a imprensa internacional especulou sobre um provável transferência de Danica para a Fórmula 1. No ano de 2005, a própria piloto admitiu o sonho de um dia correr na categoria, apesar de ainda manter seu foco na Fórmula Indy.[5] Mais tarde, no ano de 2008 declarou que gostaria de fazer um teste para a categoria, o que também não ocorreu.[6]

Resultados[editar | editar código-fonte]

(Legenda: Corridas em negrito indicam pole position; corridas em itálico indicam volta mais rápida.)

Toyota Atlantic[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Classificação Pontos
2003 Team Rahal México

MON
3

Estados Unidos

LBH
Ret

Estados Unidos

MIL
6

Estados Unidos

LGS
Ret

Estados Unidos

POR
6

Estados Unidos

CLE
5

Canadá

TOR
10

Canadá

TRR
5

Estados Unidos

MID
10

Canadá

MOT
7

Estados Unidos

DEN
5

Estados Unidos

MIA
2

109
2004 Team Rahal Estados Unidos

LBH
5

México

MON
3

Estados Unidos

MIL
4

Estados Unidos

POR
2

Estados Unidos

POR
7

Estados Unidos

CLE
3

Canadá

TOR
4

Canadá

VAN
4

Estados Unidos

ROA
4

Estados Unidos

DEN
5

Canadá

MOT
4

Estados Unidos

LGS
8

269

IndyCar Series[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe Motor Chassis Pneu 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 Classificação Pontos
2005 Rahal
Letterman
Honda Panoz F Estados Unidos

HMS
Ret

Estados Unidos

PHX
15

Estados Unidos

STP
12

Japão

MOT
4

Estados Unidos

IND
4

Estados Unidos

TXS
13

Estados Unidos

RIR
10

Estados Unidos

KAN
9

Estados Unidos

NSH
7

Estados Unidos

MIL
Ret

Estados Unidos

MIS
Ret

Estados Unidos

KTY
16

Estados Unidos

PPIR
8

Estados Unidos

SNM
Ret

Estados Unidos

CHI
6

Estados Unidos

WGL
16

Estados Unidos

CAL
Ret

12º 325
2006 Rahal
Letterman
Honda Panoz/

Dallara

F Estados Unidos

HMS
Wth

Estados Unidos

STP
6

Japão

MOT
8

Estados Unidos

IND
8

Estados Unidos

WGL
8

Estados Unidos

TXS
12

Estados Unidos

RIR
15

Estados Unidos

KAN
11

Estados Unidos

NSH
4

Estados Unidos

MIL
4

Estados Unidos

MIS
Ret

Estados Unidos

KTY
8

Estados Unidos

SNM
8

Estados Unidos

CHI
12

302
2007 Andretti-
Green
Honda Dallara F Estados Unidos

HMS
Ret

Estados Unidos

STP
8

Japão

MOT
11

Estados Unidos

KAN
7

Estados Unidos

IND
8

Estados Unidos

MIL
8

Estados Unidos

TXS
3

Estados Unidos

IOW
Ret

Estados Unidos

RIR
6

Estados Unidos

WGL
11

Estados Unidos

NSH
3

Estados Unidos

MDO
5

Estados Unidos

MIS
7

Estados Unidos

KTY
Ret

Estados Unidos

SNM
6

Estados Unidos

DET
2

Estados Unidos

CHI
11

424
2008 Andretti-
Green
Honda Dallara F Estados Unidos

HMS
6

Estados Unidos

STP
10

Japão

MOT
1

Estados Unidos

KAN
DNP

Estados Unidos

IND
Ret

Estados Unidos

MIL
9

Estados Unidos

TXS
10

Estados Unidos

IOW
6

Estados Unidos

RIR
6

Estados Unidos

WGL
14

Estados Unidos

NSH
5

Estados Unidos

MDO
12

Canadá

EDM
18

Estados Unidos

KTY
11

Estados Unidos

SNM
5

Estados Unidos

DET
16

Estados Unidos

CHI
10

Austrália

S.P[1]
18

379
2009 Andretti-
Green
Honda Dallara F Estados Unidos

STP
19

Estados Unidos

LBH
4

Estados Unidos

KAN
5

Estados Unidos

IND
3

Estados Unidos

MIL
5

Estados Unidos

TXS
6

Estados Unidos

IOW
9

Estados Unidos

RIR
5

Estados Unidos

WGL
11

Canadá

TOR
6

Canadá

EDM
11

Estados Unidos

KTY
8

Estados Unidos

MDO
19

Estados Unidos

SNM
16

Estados Unidos

CHI
12

Japão

MOT
6

Estados Unidos

HMS
19

393
2010 Andretti
Autosport
Honda Dallara F Brasil

SPO
15

Estados Unidos

STP
7

Estados Unidos

ALA
19

Estados Unidos

LBH
16

Estados Unidos

KAN
11

Estados Unidos

IND
6

Estados Unidos

TXS
2

Estados Unidos

IOW
10

Estados Unidos

WGL
20

Canadá

TOR
6

Canadá

EDM
15

Estados Unidos

MDO
21

Estados Unidos

SNM
16

Estados Unidos

CHI
14

Estados Unidos

KTY
9

Japão

MOT
5

Estados Unidos

HMS
2

10º 367
2011 Andretti
Autosport
Honda Dallara F Estados Unidos

SPT
12

Estados Unidos

ALA
17

Estados Unidos

LBH
7

Brasil

SPO
23

Estados Unidos

IND
10

Estados Unidos

TX1
16

Estados Unidos

TX2
18

Estados Unidos

MIL
5

Estados Unidos

IOW
10

Canadá

TOR
19

Canadá

EDM
9

Estados Unidos

MID
21

Estados Unidos

NHP
6

Estados Unidos

SON
21

Estados Unidos

BAL

Japão

MOT

Estados Unidos

KEN

Estados Unidos

LSV

12º[A] 247[A]
Notas
  • 1 ^ Prova não valeu pontos para o campeonato.
  • A ^ Temporada em andamento.

Estatístiticas[editar | editar código-fonte]

Ano Poles Vitórias Posição Final Pontos Equipe
2005
3
0
12º
325
Rahal Letterman
2006
0
0
302
Rahal Letterman
2007
0
0
424
Andretti-Green
2008
0
1
379
Andretti-Green
2009
0
0
393
Andretti-Green
2010
0
0
10º
367
Andretti Autosport
Total 3 1

Resultados nas 500 milhas[editar | editar código-fonte]

Ano Chassi Motor Grid Colocação
2005 Dallara Honda 4 4
2006 Dallara Honda 10 8
2007 Dallara Honda 8 8
2008 Dallara Honda 5 22
2009 Dallara Honda 10 3
2010 Dallara Honda 23 6
2011 Dallara Honda 26 10

Referências

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Imagens e media no Commons
Commons Categoria no Commons

Ligações externas[editar | editar código-fonte]