Honda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Honda Motor Company, Limited
Honda Giken Kogyo Kabushiki Kaisha
本田技研工業株式会社
Honda-logo.svg
Sede da empresa em Aoyama, Tóquio
Slogan The Power of Dreams
(O Poder dos Sonhos)
Tipo Sociedade limitada
Indústria Automobilística
Fundação 24 de setembro de 1948
Sede Japão Tóquio, Japão
Pessoas-chave Soichiro Honda (fundador)
Takeo Fukui (CEO)
Empregados 167.231
Produtos Automóveis, caminhões, motocicleta, motonetas, quadriciclos, geradores, robótica, equipamentos marinhos, jatos, equipamentos para jardins.
Marcas Honda e Acura
Página oficial honda.com
world.honda.com
honda.com.br

Honda Motor Company, Limited (本田技研工業株式会社, Honda Giken Kōgyō Kabushiki Kaisha?, Instituto Honda de Pesquisa Tecnológica Companhia Limitada) é um dos mais importantes fabricantes de automóveis e motocicletas do mundo. Fundada por Soichiro Honda.[1] Embora seja uma empresa sediada no Japão, a Honda exporta os seus veículos para o mundo inteiro.

Brasil[editar | editar código-fonte]

Em 26 de outubro de 1971 começa a funcionar a Honda Motor do Brasil Ltda, responsável pela importação e distribuição dos produtos Honda no País. No início apenas motocicletas, dois anos mais tarde também produtos de força.

Primeira Fábrica[editar | editar código-fonte]

Em 1974, a Honda adquiriu um terreno de 1 milhão e 700 mil metros quadrados em Sumaré, no interior do estado de São Paulo, para instalar a fábrica de motocicletas. Um ano depois, o governo vetou a importação de motocicletas, o que forçou a Honda a antecipar seu projeto e construir sua fábrica em Manaus. A grande vantagem desta fábrica é a localização na Zona Franca, permitindo importar componentes do Japão com preço competitivo.

Tendo Pelé como garoto-propaganda, começa em setembro de 1976 a produção da Honda CG125, moto urbana de mecânica simples. Em 1977, eram fabricadas 34 mil motocicletas no mercado brasileiro e a Honda já respondia por 79% deste total.

Em 1981 foi produzida na fábrica de Manaus a primeira motocicleta a álcool do mundo, uma CG 125.[2]

Atualmente, segundo a ABRACICLO (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares) a Honda produziu no Brasil no ano de 2005 um total de 981.590 motocicletas, o que corresponde a 80,9% da produção brasileira. O índice de nacionalização de uma CG 150 Titan é de 95%.

Segunda Fábrica[editar | editar código-fonte]

No ano de 1992 a Honda iniciou a importação de automóveis para o Brasil. Inicialmente com a comercialização dos modelos Accord e Accord Wagon, Civic Sedan, Civic CRX, Prelude e o Civic esportivo hatchback.

Com uma boa perspectiva a Honda decide construir uma fábrica de automóveis no terreno que mantinha há mais de 20 anos em Sumaré. Em 3 de junho de 1996 começam as obras da nova fábrica, que foi inaugurada em 6 de outubro de 1997, com capacidade para produzir 15 mil unidades do modelo Civic Sedan por ano.

Em 2005, de acordo com a Fenabrave (Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos Automotores) foram emplacados 57.039 veículos da marca no Brasil. O plano é continuar expandindo a fábrica de Sumaré até atingir as 100 mil unidades anuais.

Automóveis[editar | editar código-fonte]

A Honda disponibiliza uma vasta gama de automóveis. Entre estes os modelos Civic, Prelude, Hr-v, Crx, Cr-v, Nsx, Accord, Element, Integra, Beat e o emblematico S2000 entre outros. A marca japonesa possui ainda os modelos Insight, IMA (integrated motor assist), e o mais recente Hybrid, sendo estes últimos modelos carros assistidos por motor elétrico. Ultimamente, tem se destacado os novos modelos Fit. Trata-se de um modelo mais acessível ao público, sendo que a sua autonomia é grande em relação ao consumo de combustível. Em fevereiro de 2005, o Honda Fit passou a contar também com a motorização de 1.5 litros. Em novembro de 2006 foi lançado o modelo Fit a gasolina e a álcool. No ano de 2008 a montadora começou a produzir carros movidos a hidrogênio, sendo a primeira no mundo a realizar este feito.[3]

ASIMO

Competição[editar | editar código-fonte]

A Honda participou ou participa de diversos campeonatos motorizados, como a Formula 1 (até 2008), Indy Car, Moto GP, SuperSport, Motocross, Trials, MTB, HRC e Superboats.

Funcionários[editar | editar código-fonte]

A Honda, possui parcialmente, mais de 167.000 funcionários em todo o mundo. São 507 empresas presentes nos quatro cantos do planeta, 67 unidades de produção em 13 países e 43 unidades de pesquisas e desenvolvimento em 13 países.

Projetos Avançados - ASIMO[editar | editar código-fonte]

ASIMO, Advanced Step In Mobility, é um robô que pode carregar até 1/2 kg (versão 1,30 m) e 10 kg (versão 1,80 m) e que pode realizar algumas ações como andar, correr e subir escadas, à semelhança de um ser humano.

Produtos[editar | editar código-fonte]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]