Jerry Falwell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Jerry Falwell (11 de agosto de 193315 de maio de 2007) foi um pastor cristão fundamentalista dos Estados Unidos da América e um televangelista.

Jerry Falwell ficou conhecido internacionalmente entre 1998 e 1999, ao denunciar Tinky Winky, um dos personagens do Teletubbies, como sendo um símbolo gay, já que o criador do personagem era homossexual. Causou polêmica também ao defender o apedrejamento como punição para o adultério e o retorno da escravidão.

Livros[editar | editar código-fonte]

  • Church Aflame. Impact, 1971.
  • Capturing a Town for Christ. Revell, 1973.
  • Liberty Bible Commentary on the New Testament. Thomas Nelson, 1978.
  • Listen, America! Doubleday, 1980.
  • The Fundamentalist Phenomenon. Doubleday, 1981.
  • Finding Inner Peace and Strength. Doubleday, 1982.
  • Liberty Bible Commentary. Thomas Nelson, 1982.
  • When it Hurts Too Much to Cry. Tyndale House, 1984.
  • Wisdom for Living. Victor Books, 1984.
  • Stepping Out on Faith. Tyndale House, 1984.
  • Champions for God. Victor Books, 1985.
  • If I Should Die Before I Wake. Thomas Nelson, 1986.
  • The Fundamentalist Phenomenon/the Resurgence of Conservative Christianity. Baker Book House, 1986.
  • Strength for the Journey. Simon & Schuster, 1987.
  • The New American Family. Word, 1992.
  • Falwell: An Autobiography. Liberty House, 1997. (Ghost written by Mel White [1])
  • Fasting Can Change Your Life. Regal, 1998.
  • Achieving Your Dreams. World Publishers, 2006.
  • Building Churches of Dynamic Faith: A Five-Session Study Guide. World Publishers, 2006.
  • Dynamic Faith Journal. World Publishers, 2006.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Pastores, Reverendos ou Missionários cristãos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.