Johann Strauss (pai)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Johann Strauss I

Johann Strauss, dito I (nascido Johann Baptist Strauß ou Johann Baptist Strauss) (Viena, 14 de março de 1804Viena, 25 de setembro de 1849) foi um compositor romântico, Kapellmeister austríaco, pai de Johann Strauss II, Josef Strauss, Eduard Strauss, avô de Johann Strauss III, nascido em 1866.

Sua peça mais famosa é provavelmente a Marcha Radetzky (do nome de Joseph Radetzky von Radetz).

Vida e obra[editar | editar código-fonte]

Neto de um judeu convertido ao catolicismo[1] , a sua mãe morreu de "febre" quando ele tinha sete anos e, quando tinha doze anos, morreu-lhe o pai, afogado no rio Danúbio, tendo, então, a sua madrasta colocado-o como aprendiz de encadernador.[2]

Johann Lichtscheidl deu-lhe aulas de violino e viola também estudou música com Johann Polischansky, conseguindo durante a sua aprendizagem assegurar um lugar numa orquestra local, de Michael Pamer. Em 1825, ele decidiu formar sua própria banda e começou a escrever música (principalmente, música de dança)fez digressões pela Alemanha, os Países Baixos, Bélgica, Inglaterra e Escócia. A condução e gestão desta "Strauss Orchestra" acabaria por passar para as mãos dos seus filhos diversas vezes até à dissolução por Eduard Strauss, em 1901.

Johann Strauss I

Casou com Maria Anna Streim, em 1825, na igreja paroquial de Liechtenthal, em Viena. Seu casamento foi instável com as suas ausências prolongadas, levando a um afastamento gradual entre o casal e, mais tarde, tomou uma amante, Emilie Trampusch, em 1834 com quem teve seis filhos. Anna Maria processa-o por divórcio, em 1844, e isso permitiu ao filho homónimo, Johann Strauss, prosseguir activamente uma carreira musical, pois o pai era um disciplinador rigoroso e impôs a sua vontade aos seus filhos para seguirem carreiras não relacionadas com música.

Strauss morreu em Vienna em 1849 de "escarlatina" que contraiu a partir de um de seus filhos ilegítimos.[3] Foi enterrado no cemitério ao lado do seu amigo Döblinger Josef Lanner. Em 1904, os seus restos mortais foram transferidos para o túmulo no Cemitério Central de Viena. Hector Berlioz se prestou a homenagear o "Pai da Valsa' ao comentar que Viena sem Strauss é como a Áustria sem o Danúbio.

Obra de Johann Strauss I[editar | editar código-fonte]

Valsas[editar | editar código-fonte]

  • Täuberln-Walzer op. 1 Little Doves (1827)
  • Döblinger Réunion-Walzer op. 2 Dobling Reunion Waltz
  • Wiener Carneval op. 3 Viennese Carnival (1828)
  • Kettenbrücke-Walzer op. 4 Suspension Bridge (1828)
  • Gesellschafts-Walzer op. 5 Association’s Waltz
  • Wiener Launen-Walzer op. 6 Vienna Fancies Waltz
  • Tivoli-Rutsch Walzer op. 39 Tivoli-Slide (1830)
  • Das Leben ein Tanz oder Der Tanz ein Leben! Walzer op. 49 Life is a Dance
  • Elisabethen-Walzer op. 71
  • Philomelen-Walzer op. 82
  • Paris-Walzer op. 101 (1838)
  • Huldigung der Königin Victoria von Grossbritannien op. 103 Homage to Queen Victoria of Great Britain
  • Wiener Gemüths-Walzer op. 116 Viennese Sentiments (1840)
  • Lorelei Rhein Klänge op. 154 Echoes of the Rhine Loreley (1843)

Polkas[editar | editar código-fonte]

  • Seufzer-Galopp op. 9 Sighing
  • Chineser-Galopp op. 20 Chinese
  • Einzugs-galopp op. 35 Entrance Galopp
  • Sperl-Galopp op. 42
  • Fortuna-Galopp op. 69
  • Jugendfeuer-Galopp op. 90 Young Spirit
  • Cachucha-Galopp op. 97
  • Indianer-Galopp op. 111 Red Indian Galopp
  • Sperl-Polka op. 133
  • Beliebte Annen-Polka op. 137 Beloved Anna
  • Piefke und Pufke Polka op. 235

Marchas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. From Vienna: The New Year's Celebration 2004 Great Performances. Visitado em 2008-03-31.
  2. Johann Strauss Society: Johann Strauss I Johann Strauss Society. Visitado em 2008-10-19.
  3. Johann Strauss I on Grove Music Online Grove Music Online. Visitado em 2008-10-05.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Johann Strauss (pai)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.