Língua hindustâni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hindustani (हिन्दुस्तानी ہندوستانی)
Outros nomes: Hindustano, Hindi-Urdu
Falado em:  Índia
Paquistão
Total de falantes: 490 milhões de nativos[1]
Posição: 2
Família: Indo-europeia
 Indo-iraniana
  Indo-ariana
   Hindi
    Hindi Ocidental
     Hindustani
Escrita: devanágari
alfabeto árabe
Códigos de língua
ISO 639-1: hi, ur
ISO 639-2: hin, urd
ISO 639-3: urd hin, urd
Map-Hindustani World.png

O hindustâni ou hindustano (हिन्दुस्तानी ہندوستانی Hindustānī, AFI[hɪn̪d̪ʊst̪aːniː], literalmente "do Hindustão"[2] ) é uma língua do norte da Índia, a partir da qual os idiomas-padrão hindi e urdu se desenvolveram. Era entendido em boa parte do norte e do centro do subcontinente indiano e, hoje, constitui uma língua franca de uso oral e informal no norte da Índia e no Paquistão.[nota 1] [nota 2]

O termo urdu surgiu por volta de 1780.[5] Em 1796, John Borthwick Gilchrist publicou uma gramática da língua, que denominou "hindoostanee".[6] Durante o raj britânico, o termo "hindustani" era usado pelos oficiais britânicos, a partir de "hindustão", o antigo nome da região.[5]

Após a independência, o uso do termo foi reduzido, sendo largamente substituído por "hindi", "urdu" ou "hindi-urdu". Finalmente, com a partição da Índia, em 1947, as duas línguas, escritas com alfabetos distintos (o hindi, com o devanágari; o urdu, com uma variante do alfabeto árabe), passaram a ser consideradas como diferentes. Mais recentemente, o termo tem sido usado para a linguagem coloquial dos filmes de Bollywood, que são populares na Índia e no Paquistão e que não pode ser identificado especificamente como hindi ou urdu.

Ao contrário do hindi e do urdu, o hindustâni não segue regras fixas nacionalmente obrigatórias, não sendo, portanto, uma língua padrão. Em outras palavras, o hindi e o urdu são registros padronizados do hindustâni que possuem uma gramática praticamente idêntica entre si e compartilham um vocabulário básico.

Em 2006, havia 490 milhões de falantes de hindustâni,[1] fazendo desta a segunda ou terceira língua mais falada no mundo, depois do mandarim e, possivelmente, do inglês.[7]

Notas

  1. ... Hindustani is the lingua franca of both India and Pakistan ...[3]
  2. ... By the time of British colonialism, Hindustani was the lingua franca of all of northern India and what is today Pakistan ...[4]

Referências

  1. a b A Guide to Urdu (em inglês) BBC. Visitado em 11 de janeiro de 2013.
  2. About Hindi-Urdu (em inglês) Universidade Estadual da Carolina do Norte. Visitado em 9 de agosto de 2009.
  3. Siddiqi 1994
  4. Pulsipher 2005
  5. a b Faruqi 2003, p. 806
  6. Gilchrist 1796
  7. The World's Most Widely Spoken Languages (em inglês) Ignatius. Visitado em 11 de janeiro de 2013.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.