Le voyage dans la Lune

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Le voyage dans la Lune
A viagem à Lua (PT)
Viagem à Lua (BR)
 França
1902 • P&B • 14 min 
Direção Georges Méliès
Produção Georges Méliès
Roteiro Georges Méliès
Elenco Jeanne d'Alcy
Georges Méliès
Género ficção científica
aventura
Idioma mudo
Direção de arte Claudel
Figurino Jeanne d'Alcy
Cinematografia Michaut
Lucien Tainguy
Edição Georges Méliès
Estúdio Star Film
Distribuição França Georges Méliès
Lançamento França 1 de setembro de 1902
Página no IMDb (em inglês)

Le Voyage dans la lune (no Brasil, Viagem à Lua e em Portugal, A Viagem à Lua) é um filme francês do ano de 1902. Foi baseado em dois romances populares de seu tempo: Da Terra à Lua, de Julio Verne, e Os Primeiros Homens na Lua, de H. G. Wells.[1] Tinha em seu elenco Victor André, Bleuette Bernon, Brunnet, Jeanne d'Alcy e Henri Delannoy.

O filme teve roteiro e direção de Georges Méliès, com assistência de seu irmão Gaston Méliès. Foi extremamente popular em sua época e o mais conhecido das centenas de produções de Méliès. Foi, provavelmente, o primeiro filme de ficção científica e o primeiro a tratar de seres alienígenas, e usou recursos inovadores de animação e efeitos especiais, incluindo a famosa cena da nave pousando no olho da "Homem da lua".

O filme do diretor Martin Scorsese, A invenção de Hugo Cabret, faz menção a esse filme.[1] .

O ultimo episodio da minisérie produzida por Tom Hanks,Ron Howard,Brian Grazer e Michael Bostick From the Earth to the Moon mostra cenas desse filme e de como possivelmente foi sua produção.[2]

Foi escolhido um dos cem melhores filmes do século XX no ranking da The Village Voice, ocupando a posição de número 84.[3]

É o filme mais velho presente na lista do livro "1001 filmes para ver antes de morrer", de Steven Jay Schneider.

Hoje possui domínio público, pois seus direitos autorais já expiraram.

No Internet Archive esta disponibilizada uma cópia para download sob a licença "Creative Commons license: Public Domain".[4]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Tanto o livro quanto o filme narram a história de um grupo de cinco astrônomos que viajam à Lua numa cápsula lançada por um canhão gigante, onde são capturados pelos selenitas. Contudo, conseguem escapar e retornam salvos à Terra. A película incluí inúmeras experiências arrojadas com algumas das mais famosas técnicas cinematográficas como a sobreposição, fusão e a exposição múltipla de imagens.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Versão completa[editar | editar código-fonte]

Versão de oito minutos do filme.

Quando originalmente exibido, o filme retratava em sua cena final uma parada em celebração ao retorno dos viajantes espaciais. Até recentemente, esta cena era considerada perdida. Entretanto, um pedaço completo do filme foi descoberto na França em 2002. Não apenas uma parte inteira do filme, mas também completamente colorida à mão. Ela foi restaurada e apresentada pela primeira vez em 2003 no Pordenone Silent Film Festival.[5]

Análise[editar | editar código-fonte]

Alguns historiadores sugerem que, embora Le Voyage dans la lune tenha usado muitas técnicas inovadoras para sua época, ele ainda apresenta um entendimento primitiva da técnica de narrativa do cinema.

Apesar de uma edição puramente funcional, eles tiveram uma escolha então incomum: quando os astrônomos pisam a superfície da Lua, o "mesmo evento é mostrado duas vezes, e de forma diferente". Da primeira vez é mostrado um choque da cápsula com o olho do "Homem da Lua"; da segunda vez eles pousam em um terreno plano. O conceito de mostrar uma cena duas vezes de diferentes modos foi experimentado posteriormente em filmes como Life of an American Fireman, de Edwin S. Porter, lançado aproximadamente um ano depois de Le Voyage dans la lune.

Alguns reivindicam que Le Voyage dans la lune seria o primeiro exemplo de filme patafísico, embora afirmando que o filme visa "mostrar a falta de lógica do raciocínio lógico".[6] Outros ainda comentaram que o director, George Méliès, quis "inverter os valores hierárquicos da sociedade moderna francesa e mantê-los ao ridículo num motim carnivalesco".[6] Este é considerado um elemento inerente do enredo: a história propriamente dita faz graça dos cientistas e da ciência em geral, em que a partir de sua viagem para a Lua, estes astrônomos descobrem que a face da Lua é, de fato, a face de um homem, e que ela é povoada por pequenos homens verdes.[6]

Distribuição[editar | editar código-fonte]

Clipe da versão colorida à mão.
Clipe da versão colorida à mão.

Méliès tinha a intenção de lançar seu filme nos Estados Unidos com a idéia de lucrar com isso. Entretanto, técnicos dos filmes de Thomas Edison secretamente fizeram cópias e o distribuiram por todo o país. Enquanto o filme era muito bem sucedido, Méliès finalmente foi à falência.[1]

Incorreções[editar | editar código-fonte]

  • Erro do personagem
  • O Presidente bate o seu próprio chapéu quando ele anda atrás da mesa.
Nome Personagem
Victor André Não creditado
Bleuette Bernon Mulher na lua
Brunnet Astrônomo
Jeanne d'Alcy Não creditado
Henri Delannoy Capitão do foguete
Dominique Delpierre Não creditado
Farjaut Astrônomo
Kelm Astrônomo
Georges Méliès Prof. Barbenfouillis

Outros nomes do filme[editar | editar código-fonte]

Nome País(es)
A Trip to the Moon Estados Unidos
Cesta na Mesíc Tchecoslováquia
Die Reise zum Mond Alemanha
Matka kuuhun Finlândia
Viaggio nella Luna Itália
Viaje a la luna Espanha

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Dirks, Tim. A Trip to The Moon. FilmSite.org. Página visitada em 2007-01-08.
  2. [1]
  3. [2]
  4. Le Voyage Dans La Lune (1902). Página visitada em 08/08/2010.
  5. Trivia for Voyage dans la lune, Le. IMDB. Amazon. Página visitada em 2007-01-11.
  6. a b c McMahan, Alison. The Films of Tim Burton: Animating Live Action in Contemporary Hollywood. [S.l.]: Continuum International Publishing Group, 2005. ISBN 0826415660

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.