Macrólido

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Os macrólidos (ou macrolídeos) são um grupo de antibióticos usados no tratamento das infecções bacterianas. O seu único membro até recentemente era a Eritromicina. Todos os macrólidos têm um anel lactona com glicídos, denominado macrólido, donde lhes vem o nome. Pertencem à classe de poliquetidos e são relacionados com os antibióticos quetolidos.

Indicações[editar | editar código-fonte]

Espectro similar ao das penicilinas. É eficaz contra Gram-positivos e espiroquetas, mas não contra Gram-negativos, excepto Neisseria e moderadamente contra Haemophilus.

São eficazes contra Streptococcus beta-hemolíticos (incluindo S.pneumoniae), Staphylococcus e Enterococcus. Eficácia mais limitada contra Mycoplasma, Mycobacterium, Rickettsia e Chlamydia.

Mecanismo de ação[editar | editar código-fonte]

Inibem a acoplação do t-RNA ao ribossoma bacteriano (passo da síntese de proteínas denominado translocação), ligando-se a local específico da subunidade 50S. A síntese de proteínas torna-se impossivel. A acção é bacteriostatica (inibe multiplicação) ou bacteriocida (mata as bactérias) em doses superiores.

A resistência de algumas estirpes é devida a alterações na estrutura do ribossoma da bactéria. Pode ser disseminada em plasmídeos trocados na trocas sexuais das bactérias ou por mutação numa linha de descendentes.

Efeitos adversos possíveis[editar | editar código-fonte]

  • Nauseas, vómitos, diarreia.
  • Reacções alérgicas, com erupções na pele.
  • Infecções oportunistas devido à depleção da flora normal na vagina e intestino.
  • Febre
  • Disturbios da audição transitórios.
  • Icterícia em tratamentos prolongados.
  • Arritmias cardíacas

Membros do grupo[editar | editar código-fonte]