Maria Teresa de Filippis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maria Teresa de Filippis
Informações pessoais
Nome completo Maria Teresa de Filippis
Nacionalidade Itália italiana
Nascimento 11 de novembro de 1926 (87 anos)
Nápoles,  Itália
Registros na Fórmula 1
Temporadas 19581959
Equipes Maserati, Behra-Porsche
GPs disputados 5 (3 largadas)
Títulos 0
Vitórias 0
Pódios 0
Pontos 0
Pole positions 0
Voltas mais rápidas 0
Primeiro GP GP de Mônaco (1958)
Último GP GP de Mônaco (1959)
As Maserati 250F, em 1957

Maria Teresa de Filippis (Nápoles, 11 de novembro de 1926) foi a primeira mulher a pilotar um carro de Fórmula 1.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou a correr aos 22 anos de idade por conta de uma aposta com dois de seus irmãos, que não acreditavam que ela pudesse ser veloz. Depois de ser vice-campeã no campeonato italiano, foi contratada pela Maserati para disputar corridas pela equipe e em 1958 estreou na categoria máxima do automobilismo mundial.[2] Ela tentou se classificar para cinco grandes prêmios, quatro deles pela equipe Maserati e um pela Porsche. Classificou-se para três deles. Sua melhor atuação foi em sua segunda corrida, na Bélgica em 1958, quando largou em 15ª e terminou em 10ª.[3]

No Grande Prémio de França de 1958 a piloto foi proibida de correr por ser mulher. O diretor de provas, Toto Roche, foi à conferência de imprensa, mostrou uma grande fotografia da Maria Teresa e afirmou que “uma jovem tão bonita como aquela não deveria usar nenhum capacete a não ser o secador do cabeleireiro.” Quando soube, Maria ficou furiosa e disse que se o visse pela frente o teria esmurrado.[4]

Maria parou de correr em 1959, casou-se e teve uma filha no ano seguinte. Em 1979, juntou-se ao International Club of Former F1 Grand Prix Drivers (Clube Internacional de Ex-Pilotos de Fórmula 1). Ela é vice-presidente do clube desde 1997 e é presidente do clube de Maserati. Ela tem dois netos e mora perto de Milão.[2]

Posição de chegada nas corridas de Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

(Legenda: Corridas em negrito indicam pole position; corridas em itálico indicam volta mais rápida.)

Ano Equipe Chassi Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 Classificação Pontos
1958 Maserati Maserati 250F Maserati
L6
ARG
NP
MON
NQ
PSB
NP
EUA
NP
BEL
10
FRA
NP
GBR
NP
ALE
NP
POR
Ret
ITA
Ret
MAR
NP
29º 0
1959 Behra-Porsche Behra-Porsche
RSK (F2)
Porsche Flat-4 MON
NQ
EUA
NP
PSB
NP
FRA
NP
GBR
NP
ALE
NP
POR
NP
ITA
NP
EUA
NP
0

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote

Referências

  1. Google Books, Fast Ladies: Female Racing Drivers 1888 to 1970
  2. a b The Observer, Maria Teresa De Filippis
  3. F1 na Web, As mulheres na Fórmula 1
  4. Hugo Daniel Sousa (26 de outubro de 2011). A primeira mulher chegou à Fórmula 1 por causa de uma aposta entre irmãos (asp) (em português) Publico.pt. Visitado em 29 de outubro de 2011.