Michael Anderson (cineasta)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde setembro de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Michael Anderson
Nome completo Michael Joseph Anderson
Nascimento 30 de janeiro de 1920 (94 anos)
Londres, Inglaterra
Nacionalidade Inglaterra inglês
Ocupação diretor de cinema
IMDb: (inglês)

Michael Joseph Anderson, Sr., ou simplesmente Michael Anderson (Londres, 30 de janeiro de 1920), é um cineasta inglês, mais conhecido por ter dirigido A Volta ao Mundo em 80 Dias (1956) (1956), 1984 (1956) e Logan's Run (1976).

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Anderson provém de uma família dedicada ao teatro. Seus pais foram os atores Lawrence e Beatrice Anderson. Sua tia-avó era Mary Anderson, a primeira atriz shakespeariana dos Estados Unidos (em Louisville há um teatro com seu nome).

Carreira[editar | editar código-fonte]

Depois de servir na Segunda Guerra Mundial, Anderson iniciou sua carreira em filmes britânicos. Tornou-se diretor em 1949, quando dirigiu seu primeiro sucesso, o filme de guerra The Dam Busters — cujos efeitos especiais são frequentemente citados como inspiração para a saga Star Wars. Em 1956, dirigiu a primeira adaptação de 1984, de George Orwell, que reverbera os medos onipresentes em 1955, e também o megassucesso A Volta ao Mundo em 80 Dias, por cuja direção foi indicado ao Oscar da Academia e ao Golden Globe. Em 1968, dirigiu Anthony Quinn, Laurence Olivier e John Gielgud em As Sandálias do Pescador.

Mudou-se para Hollywood, onde dirigiu dois filmes de ficção científica, Doc Savage: The Man of Bronze (1975) e Logan's Run (1976). Este último foi um grande sucesso de bilheteria, que serviu para alavancar outros filmes distribuídos pela Metro Goldwyn Mayer e se tornou um cult movie.

Anderson também dirigiu Orca (1977), para depois se dedicar às minisséries, como The Martian Chronicles (1980), Sword of Gideon (1986) e Young Catherine (1991). Em 1988, dirigiu Bottega dell'orefice, baseado na peça de teatro escrita por Karol Wojtyla em 1960.

Sua filmografia de diretor inclui ainda All the Fine Young Cannibals (1960), Flight from Ashiya (1964), The Quiller Memorandum (1966), Yangtse Incident (1957) e Conduct Unbecoming (1975).

Anderson é atualmente o mais velho diretor vivo a ter sido indicado ao Oscar de Melhor Diretor.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Michael Anderson foi casado três vezes:

  1. Betty Jordan, 1939, cinco filhos
  2. Vera Carlisle, 1969, um filho
  3. Adrienne Ellis, desde 1977, têm dois filhos adotivos: a atriz Laurie Holden e o ator Christopher Holden.

Seu filho Michael Anderson Jr. também é ator, e trabalhou em Logan's Run; outro filho é David Anderson, produtor de cinema.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre cineastas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.