Michael Corleone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde julho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Michael Corleone
Michael Corleone.jpg
Michael Corleone interpretado por Al Pacino
Nascimento 15 de outubro de 1920
Nova Iorque,  Estados Unidos
Falecimento 9 de setembro de 1997 (76 anos)
Sicília,  Itália
Origem  Estados Unidos
Sexo Masculino
Espécie Humano
Olhos Castalhos
Actividade(s) Mafioso, ex-militar
Família Vito Corleone (pai)
Signora Andolini (mãe)
Apollonia Vitelli-Corleone (esposa; 1947-48)
Kay Adams (divorciado; 1951-59)
Santino Corleone (irmão)
Fredo Corleone (irmão)
Connie Corleone (irmão)
Tom Hagen (irmão adotivo)
Anthony Corleone (filho)
Mary Corleone (filha)
Criado por Mario Puzo
Filme(s) The Godfather
The Godfather: Part II
The Godfather: Part III
Primeira aparição The Godfather
Última aparição The Godfather's Revenge
Interpretado por Al Pacino
Projecto Cinema  · Portal Cinema

Don Michael Corleone é um personagem fictício do romance The Godfather (br: O Poderoso Chefão), do escritor Mario Puzo, e do filme de mesmo nome (baseado no livro) e de suas sequências, The Godfather: Part II (br: O Poderoso Chefão: Parte II) e The Godfather: Part III (br: O Poderoso Chefão: Parte III), todos dirigidos por Francis Ford Coppola.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Michael Corleone (Al Pacino) era o terceiro dos quatro filhos de Vito Corleone (Marlon Brando). A princípio não queria se envolver com os negócios da família, na verdade era vontade de Don Vito que Michael se preparasse para seguir carreira política. Porém, contrariando o pai e toda a família, ele voluntariamente se alista na Marinha Americana, logo após o ataque a Pearl Harbor, para lutar na Segunda Guerra Mundial, onde recebe várias condecorações por bravura e se torna herói nacional.

Apesar de não querer se envolver, como diz a frase: "Todo o poder do mundo não pode alterar o destino", Michael se envolve nos negócios. Seu primeiro assassinato foi de Virgil "O Turco" Sollozzo e o Capitão McCluskey, após isso ele foi obrigado à ficar um tempo fora na Sicília. Quando voltou seu pai estava doente, seu irmão Sonny (James Caan), que aspirava ser o futuro Don fora brutalmente assassinado a mando de Don Barzini e seu irmão Fredo (John Cazale), como Michael cita era tolo e frágil. Restando apenas o seu irmão de consideração, Tom Hagen (Robert Duvall), que já ocupava o cargo de Consiglieri, e pela tradição não poderia assumir um cargo de Don pelo fato de não ser italiano, e na realidade também não poderia ser nem Consiglieri, mas Don Vito Corleone resolveu desconsiderar essa parte e coloca-lo nesse cargo.

Assim, Michael assume o posição de Don, o chefão da família, e sendo extremamente frio e calculista consegue sempre tomar as melhores decisões. Após a morte de Vito, Michael resolve todos os assuntos da família, assassinando os chefes das outras famílias, traidores e ameaças: Don Barzini, Philip Tattaglia, Moe Greene, Stracci, Cuneo, Sal Tessio e Carlo Rizzi. Assim Michael consolida o seu poder e o da família Corleone.

Na Parte III ele está com 59 anos e tenta de todas as formas legalizar os negócios da família inclusive assinando um acordo bilionário com o Vaticano e se desligando das outras famílias. Se mostra mais experiente e sensivel, isso se mostra principalmente quando conversa com sua filha Mary Corleone (Sofia Coppola) e quando tenta se reconciliar com sua ex-mulher Kay Adams. conhece seu sobrinho Vincent Mancini (Andy Garcia), filho bastardo de seu irmão mais velho Sonny, que mais tarde ocuparia seu cargo de Don.

Michael morreu em 1997 em uma das residências da Família Corleone na região da Sicília, na Itália, completamente sozinho, até ali toda fortuna da família estava legalizada.

Curiosamente Mario Puzo também nasceu em 1920 e lutou na Segunda Guerra Mundial.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.