Mikhail Lérmontov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mikhail Lérmontov

Mikhail Iúrievitch Lérmontov (russo: Михаил Юрьевич Лермонтов, transliteração cient.: Michail Jur'evič Lermontov, Moscovo, 15 de outubro de 1814Pyatigorsk, 27 de julho de 1841) foi um poeta e romancista russo. Liermontov foi - junto com Alexandre S. Pushkin e Fiódor Tiútchev - um dos mais importantes representantes do romantismo da literatura da Rússia. Muito jovem, ligou-se a Puchkin e deixou-se influenciar por Byron. Oficial de um regimento da Guarda, foi deportado para o Cáucaso por duas vezes, sendo uma das deportações causada pelo mal-estar de um poema famoso seu,sobre a morte de seu mestre.Morto aos 27 anos de idade, também como Puchkin, em um duelo, não pôde demonstrar ao mundo todo o seu gênio literário. Crítico feroz da vida e da sociedade.

Obras (seleção)[editar | editar código-fonte]

  • Mascarada (1835)
  • Vadim (1832-1834 - obra incompleta)
  • A morte do Poeta (1837)
  • A Canção do Mercador de Kaláchnikov (1838)
  • O Demônio (1838)
  • Herói do nosso tempo (1839-1840)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Mikhail Lérmontov



Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.