Miraí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Miraí
Aspecto do centro de Miraí

Aspecto do centro de Miraí
Bandeira de Miraí
Brasão de Miraí
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 7 de setembro de 1923
Gentílico miraiense
Prefeito(a) José Ronaldo Milani (PR)
(2013–2016)
Localização
Localização de Miraí
Localização de Miraí em Minas Gerais
Miraí está localizado em: Brasil
Miraí
Localização de Miraí no Brasil
21° 11' 42" S 42° 36' 50" O21° 11' 42" S 42° 36' 50" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Zona da Mata IBGE/2008 [1]
Microrregião Muriaé IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Cataguases, Guidoval, Guiricema, Muriaé, Santana de Cataguases, São Sebastião da Vargem Alegre[2]
Distância até a capital 300 km
Características geográficas
Área 320,628 km² [3]
População 13 800 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 43,04 hab./km²
Altitude 300 m
Clima Tropical Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,724 alto PNUD/2000 [5]
PIB R$ 100 613,668 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 7 498,41 IBGE/2008[6]
Página oficial

Miraí é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população é de 13.800 habitantes e tem como bioma predominante a Mata Atlântica.

História[editar | editar código-fonte]

Arraial do Brejo foi seu primeiro nome. O setor agropecuário foi um dos mais desenvolvidos da região da Zona da Mata. O território municipal está localizado numa região que tem acessos facilitados pela presença da rodovia Rio-Bahia. O primeiro núcleo populacional foi organizado nas margens do Rio Muriaé, onde hoje está a cidade de muitas tradições. Por volta de 1840, atraídos pela fertilidade do solo, aportaram às margens do pequeno rio Fubá - afluente do Muriaé - os primeiros colonos e desbravadores da região de Miraí. Encontrando terra e água boa, espalharam a notícia e, pouco a pouco, outros plantadores foram chegando.

Prefeitura de Miraí.

Em 1852, um grupo de 53 pessoas adquiriu de Salustiano José Fernandes e sua mulher Maria Porcina do Amor Divino parte das terras da Fazenda das Três Barras. No local construíram uma capela em honra a Santo Antônio e em seu redor cresceu o arraial batizado Brejo. Logo o arraial tornou-se distrito de Paz, com o nome de Santo Antônio do Muriaé, pertencendo à freguesia de Santa Rita de Meia Pataca. Em 1883, o distrito foi transformado em freguesia de Santo Antônio do Camapuã, nome que não se firmou. Pela Lei Municipal 168, de 15 de abril de 1903, passou a ser chamar Miraí, que significa "terra molhada", "brejo". O município foi criado em 7 de setembro de 1923, desmembrando-se de Cataguases.

A cidade apresenta como atrativos naturais inúmeras cachoeiras, que constituem opções propícias ao lazer. Além das belezas naturais, possui eventos culturais, onde atualmente se destaca o carnaval, sendo considerado um dos melhores da Zona da Mata Mineira.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Os principais rios são o rio Fubá e o rio Muriaé, que pertencem à bacia do rio Paraíba do Sul

Em janeiro de 2007, o município foi vítima de uma enchente de grandes proporções após o rompimento da barragem da mineradora Rio Pomba Cataguases, pertencente ao Grupo Química, de Cataguases. Mais de dois bilhões de litros de água misturada a lama e resíduos químicos utilizados no beneficiamento da bauxita, após destruírem quase toda a cidade de Miraí, invadiram o Rio Muriaé e, assim, destruíram diversas cidades da região (Muriaé, Patrocínio do Muriaé etc) e do norte do Estado do Rio de Janeiro (Itaperuna, Laje do Muriaé, Italva etc).

Este foi o segundo acidente ocorrido na região sob responsabilidade da mineradora. Os danos ao meio-ambiente foram incalculáveis.

Miraienses ilustres[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. Miraí Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais. Visitado em 5 de maio de 2014.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Miraí


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.