Mongkut

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rei Mongkut da Tailândia
Rei Mongkut com o Príncipe Chulalongkorn

Mongkut ou Rama IV (Bangkok, 18 de outubro de 1804 - Bangkok, 18 de outubro de 1868) foi o quarto rei do Sião (hoje Tailândia) de 1851 até 1868.Ele foi um dos monarcas mais reverenciados do país e os historiadores são unânimes em considerá-lo como um dos reis mais notáveis da dinastia Chakri.

Fora da Tailândia ele é mais conhecido como o rei do filme "O Rei e Eu", baseado no filme de 1946 "Anna e o Rei do Sião" -, por sua vez baseado no livro 1944, de Anna Leonowens sobre seus anos em sua corte (1862 -1867).

Em seu reinado, a pressão do expansionismo ocidental sentiu-sw pela primeira vez no Sião. Mongkut abraçou inovações ocidentais e iniciou a modernização do seu Reino, tanto em tecnologia como em cultura, o que lhe valeu o epíteto de "O Pai da Ciência e Tecnologia".

Primeiros Anos[editar | editar código-fonte]

Mongkut nasceu como príncipe Isarasundhorn, filho de Buda Yodfa Chulaloke o primeiro rei Chakri do Sião. Ele foi mais tarde se juntou o irmão Princepe Chutamani, que nasceu em 1808. Em 1809, seu pai, príncipe Isarasundhorn foi coroado como Buda Loetla Nabhalai. O príncipe tinha nove anos na época em que todos eles se mudaram para o Grande Palácio.

Vida monástica e seita Thammayut[editar | editar código-fonte]

Em 1824, aos 20 anos, Mongkut se tornou um monge budista, segundo a tradição siamesa (que os homens com 20 anos deve se tornar monges), com o nome de ordenação Vajirañāṇo. No entanto, no mesmo ano, seu pai Buda Loetla Nabhalai morreu. De acordo com as tradições seguidas, Mongkut deveria ser coroado o próximo rei. No entanto a nobreza colocou o influente príncipe Jessadabodindra, seu meio-irmão, no trono. Percebendo a situação era irremediável, Mongkut optou por ficar na sua condição monástica para evitar intrigas políticas.

Mongkut se tornou um dos membros da família real que dedicou sua vida à religião. Ele viajou por todo o país como um monge e viu a flexibilização das regras de Pali Canon entre os monges siameses - que ele considerava inadequado. Em 1829, em Phetchaburi, ele conheceu um monge chamado Buddhawangso que seguia rigorosamente os cânones. Vajirayan Buddhawangso ficou admirado com sua obediência ao cânone, e isso inspirou-o a prosseguir as suas reformas religiosas.

O monge, então, estabeleceu a Vajirayan Nikaya Thammayut ou seita Thammayut em 1833. A nova seita reforçou o direito canônico. A seita Thammayut ganhou reconhecimento real em 1902 pelo filho de Mongkut de Chulalongkorn (através dos Atos de politica Eclesiástica) e tornou-se uma das duas principais denominações budistas na Tailândia moderna. Em 1836, ele se tornou o primeiro abade do Wat Bowonniwet, que é patrocinado pela família real. Durante seu tempo como um monge, Bhikkhu Vajirañāṇo descobriu conhecimento ocidental, estudando Latim, Inglês, astronomia com os missionários e marinheiros.

O Rei Mongkut mais tarde seria conhecido pelo seu excelente comando de Inglês, embora há quem diga que o seu irmão mais novo, Vice-Rei Pinklao, poderia fala-lo ainda melhor.

Reinado[editar | editar código-fonte]

Relatos variam sobre as intenções de Jessadabodindra a respeito da sucessão. É registrado que Jessadabodindra havia "demitido" verbalmente os príncipes reais da sucessão, por várias razões;o príncipe Mongkut foi demitido por incentivar os monges a se vestir no estilo seg.

Alguns disseram que, no entanto, Jessadabodindra desejava que o trono fosse passado para seu filho, o príncipe Annop, e que a este deu seu bracelete que havia sido transmitido de Buda Yodfa Chulaloke para o príncipe.

O Príncipe Mongkut foi efectivamente apoiado por um pró-britânico, Dis Bunnak, o Kalahom Samuha, ou o presidente do Departamento das Forças Armadas, os mais poderosos nobres do reinado de Rama III. Bunnak enviou seus homens para realizar a cerimônia deixando o estatuto de monge para o Príncipe Mongkut, mesmo antes da morte de Jessadabodindra. Com o apoio da nobreza poderosa, a ascensão Mongkut ao trono foi assegurada.

Após vinte e sete anos de peregrinação, o rei Mongkut ascendeu ao trono em 1851, aos 47 anos. Ele tomou o nome de Phra Chom Klao, embora os estrangeiros continuassem a chamá-lo de Rei Mongkut. O rei era conhecido entre os estrangeiros em particular alguns oficiais britânicos, como pró-britânico. Sir James Brooke, numa delegação britânica, ainda elogiou "o nosso próprio rei", e mostrou seu apoio a ele como novo rei do Sião.

Sua consciência da ameaça que representavam o poder imperial britânico e francês, levou-o a muitas atividades inovadoras. Ele ordenou a nobreza a vestir camisas enquanto estavam em sua corte, que foi para mostrar que Sião já não era mais bárbaro do ponto de vista ocidental.

Após a coroação, Mongkut se casou com sua primeira esposa, a rainha Somanat. No entanto, a rainha Somanat morreu no mesmo ano. Ele então se casou com sua meia-sobrinha-neta,Chao Rampoei Siriwongse, mais tarde Rainha Debsirindra.

Precedido por
Nangklao
Rei da Tailândia - Rama IV
1851 - 1868
Sucedido por
Chulalongkorn
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.