Mosteiro de Santes Creus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mosteiro de Santes Creus, Espanha.

O Mosteiro de Santes Creus localiza-se no município de Aiguamúrcia, província de Tarragona, na comunidade autónoma da Catalunha, na Espanha.

É um mosteiro cisterciense, actualmente considerado um das instituições monásticas mais bem preservadas da Europa meridional.

A sua construção foi iniciada em 1158. Concluído num período de cinqüenta anos, no início de suas atividades o mosteiro era o centro de grande atividade intelectual e política, comparável ao Mosteiro de Poblet. Fortificado em 1375 por Pedro IV de Aragão, teve um importante papel na criação da Ordem de Montesa, um refúgio para cavaleiros templários aragoneses após a abolição da ordem.

As atividades do mosteiro continuaram ininterruptamente até a invasão da Espanha por Napoleão, o que precipitou seu encerramento em 1835, quando foi saqueado e queimado. Pouco tempo depois, vários ex-monges erigiram uma igreja paroquial e trabalharam paulatinamente na restauração do mosteiro. Atualmente é patrimônio protegido pela Generalidade da Catalunha (governo autônomo).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mosteiro de Santes Creus
Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.