Nalva Aguiar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde Outubro de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Nalva de Fátima Aguiar (Tupaciguara, 9 de outubro de 1945) é uma cantora brasileira.

Começou sua carreira em festas e numa emissora de rádio. Na década de 1970, chegou ao topo das paradas com Tá de mal comigo, seu grande sucesso. Vendeu milhares de discos e se apresentou por todo o Brasil e pelo exterior. Premiada, recebeu por três vezes seguidas o título de "Rainha dos Caminhoneiros". Além de participar dos principais programas de televisão da época, fez sucesso também no cinema.[carece de fontes?] Participou do filme O Conto do Vigário (1976), no qual interpretou as canções Beijinho Doce, com as Irmãs Castro, e Amigos como antes.[1]

Em 1984, Nalva dividiu um álbum com o cantor regionalista gaúcho Teixeirinha, tendo como tema os desafios, repentes e trovas comuns nas regiões do sul e do nordeste do Brasil.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1971 - Nalva
  • 1972 - Rock and Roll Lullaby
  • 1973 - Foi bom Você Chegar
  • 1974 - Nalva Aguiar
  • 1977 - Vale Prateado
  • 1978 - Tupaciguara
  • 1981 - Nalva Aguiar
  • 1983 - Doradinho
  • 1984 - Guerra dos Desafios (Teixeirinha & Nalva Aguiar)
  • 1984 - Cowboy de Rodeio
  • 1988 - Nalva Aguiar
  • 1991 - Nalva Aguiar

Referências

  1. Cinemateca Brasileira O Conto do Vigário [em linha]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma cantora é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.