Nunca Fomos tão Felizes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Nunca fomos tão felizes)
Ir para: navegação, pesquisa
Nunca fomos tão felizes
Nunca fomos tão felizes (BR)
 Brasil
1984 • cor • 91 min 
Direção Murilo Salles
Roteiro Alcione Araújo
Jorge Durán
Elenco Cláudio Marzo
Roberto Bataglin
Susana Vieira
Antônio Pompêo
Género Drama
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Nunca fomos tão felizes é um filme brasileiro de 1984, dirigido por Murilo Salles e com roteiro escrito por Alcione Araújo e Jorge Durán, baseado no conto Alguma coisa urgentemente, de João Gilberto Noll.[1]

O filme foi rodado no último ano do governo militar, pois em março de 1985 o general João Figueiredo passou o cargo de presidente para José Sarney, que assumiu no lugar de Tancredo Neves.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Um rapaz é retirado de um colégio interno por seu pai, e é acomodado num grande apartamento temporariamente. Ele pouco sabe sobre a vida do pai - militante político perseguido pela polícia do regime militar -, e começa a investigar o mistério que o cerca.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o
XII Festival de Gramado (1984)[2]
  • Vencedor do Prêmio da Crítica;
  • Melhor roteiro para Alcione Araújo;
  • Melhor fotografia para José Tadeu Ribeiro;
  • Vencedor do Prêmio Edgar Brasil de Fotografia.
XVII Festival de Brasília do Cinema Brasileiro
  • Melhor Filme (Júri Oficial e Popular);
  • Melhor roteiro para Alcione Araújo;
  • Melhor montagem para Vera Freire.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.