Ordem Internacional do Arco-Íris para Meninas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde janeiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Parte de uma série de artigos sobre
Maçonaria
Maçom
Artigos principais

Maçonaria · Grande Loja · Loja Maçônica · Venerável Mestre · Graus maçônicos · Lojas Simbólicas · Loja de Perfeição

História

História da Maçonaria · Manuscritos Maçônicos · Constituição de Anderson ·CLIPSAS · SIMPA · União Maçónica Internacional CATENA · C.I.MA.S.

A Ordem Internacional do Arco-Íris para Meninas é uma Ordem Paramaçônica. Trata-se de uma organização para meninas com idade entre 11 anos e 20 anos, com ou sem parentesco maçônico, necessitando apenas de um "apadrinhamento" de um maçom ativo e/ou indicação de outra Menina Arco-Íris.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A ordem surgiu em 1922,[2] quando o reverendo W. Mark Sexsom, um maçom, foi convidado a fazer um discurso ante ao Capítulo #149 no Sul de McAlester da Ordem da Estrela do Oriente, em McAlester, Oklahoma. Como a Ordem DeMolay já tinha sido estudada detalhadamente por ele durante suas atividades maçônicas, sugeriu que uma ordem similar para as meninas seria benéfica. A primeira cerimônia de iniciação foi realizada por um grupo de 171 meninas em 6 de abril de 1922, no auditório do Templo do Rito Escocês em McAlester. O nome original era "Ordem do Arco-Íris".[3]

Presença no Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, as primeiras notícias sobre a Ordem foram trazidas pelo Mestre Maçom José Rodrigues Filho (Patrono do Arco-íris no Brasil), que teve suas aspirações apoiadas pelo também Mestre Maçom João Chiarelli Salgado, grau 33°, sua esposa Mára Drummond Salgado e mais um grupo de maçons da Loja Maçônica Acácia do Oeste I nº 44 de Cascavel, Paraná. No dia 16 de maio de 1992, foi fundada a primeira Assembleia do Brasil, a Assembleia Caminho de Luz I, na cidade Cascavel, Paraná. O maçon João Chiarelli Salgado foi nomeado pela Suprema Assembleia o Supremo Deputado da Ordem do Arco-íris para o Brasil, sendo o primeiro a exercer este cargo em toda a América Latina.[4]

Hoje, na Grande Jurisdição do Estado do Paraná, há Assembleias em 26 cidades:

No Paraná: Astorga, Arapongas, Cascavel, Cruzeiro do Oeste, Curitiba, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Goioerê, Londrina, Marechal Cândido Rondon, Paranavaí, Pato Branco, Ponta Grossa, Rolândia, Toledo e Umuarama.

Em outros estados: Belém (PA), Santarém (PA), Guaraí (TO), Araguaina (TO), Campo Grande (MS), Mundo Novo (MS),

No Paraguai: Asunción - 03 Assembleias, Ciudad del Este e Encarnación .

Em solo brasileiro, há ainda a Grande Jurisdição do Espírito Santo, que conta com cinco Assembleias e a Grande Jurisdição de São Paulo, a qual também abriga Assembleias de Minas Gerais e Distrito Federal.

Localizações[editar | editar código-fonte]

A Ordem Internacional do Arco-íris tem assembleias em 47 estados dos Estados Unidos, bem como em vários outros países. Os estados que atualmente não têm assembleias são Delaware, Utah e Wyoming. (Dakota do Sul instituiu a sua primeira assembleia em 2006.)

Os países fora dos Estados Unidos, que têm assembleias são Aruba, Austrália (em Queensland, Nova Gales do Sul e Austrália do Sul), Bolívia, Brasil (nas Jurisdições do Paraná , São Paulo e Espírito Santo), Canadá (em Ontário e Nova Brunswick), Filipinas, Itália, México e Romênia. A Ordem do Arco-íris já teve assembleias nos seguintes países, principalmente devido à presença militar estadunidense: Cuba, França, Panamá e Vietnã.[5]

Cargos[editar | editar código-fonte]

  • Ilustre Preceptora;
  • Ilustre Preceptora Adjunta;
  • Caridade
  • Esperança
  • Arquivista;
  • Tesoureira;
  • Capelã;
  • Chefe de Cerimonial;
  • Amor
  • Religião
  • Natureza
  • Imortalidade
  • Fidelidade
  • Patriotismo
  • Serviço
  • Observadora Confidencial;
  • Observadora Externa;
  • Musica
  • Regente do Coro;
  • Preceptora Mãe

As Sete Virtudes[editar | editar código-fonte]

A Ordem Internacional do Arco-Íris para Meninas enfatiza sete virtudes. São elas:

  • Vermelho: representa o amor, que enfatiza a importância do amor em casa e com a família.
  • Laranja: representa a religião, que enfatiza a importância do companheirismo e da ativa participação na igreja.
  • Amarelo: representa a natureza, que é responsável por nossa vitalidade e a qual devemos respeitar.
  • Verde: significa a imortalidade, pois mesmo que o corpo morra, a alma vive pela eternidade.
  • Azul: significa a fidelidade para com a Ordem Internacional do Arco-Íris para Meninas, família e amigos.
  • Anil: significa patriotismo, dando importância ao respeito ao seu pais, tal como sua bandeira.
  • Violeta: representa o serviço, o que é a principal causa enfatizada pelas Ordem e outros membros maçônicos.
  • Branco: é o simbolismo da união de todas as cores do Arco-Íris, conhecida como A Grande Luz Branca.

Objetivos da Ordem Arco-íris[editar | editar código-fonte]

A Ordem Internacional do Arco-íris para Meninas é uma organização que se propõe à edificação do caráter das adolescentes através dos preceitos:[1]

  • Amor ao lar, à família e a Deus;
  • Crença na existência de Deus;
  • Respeito para com a natureza;
  • Crença na imortalidade da alma;
  • Fidelidade e dignidade de caráter;
  • Patriotismo e amor aos símbolos pátrios;
  • Liderança efetiva;
  • Serviço em prol da humanidade e da comunidade.


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b International Order of Rainbow Girls - Staffordshire Cup and Saucer. Página visitada em 29/11/2012.
  2. Morris, S. Brent. The complete idiot's guide to freemasonry. [S.l.]: Alpha Books, 2006. p. 147. ISBN 1-59257-490-4, 9781592574902
  3. Biography of William Mark Sexson. Grand Assembly of North Carolina. Página visitada em 2008-11-17. Cópia arquivada em 2007-12-25.
  4. www.ordemarcoirispr.org.br
  5. Global Network. Supreme Assembly. Página visitada em 2008-11-17.