Os Assassinatos da Rua Morgue

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ilustração de Aubrey Bearsdley, 1894 ou 1895

The Murders in the Rue Morgue (Os Assassinatos da Rua Morgue, no Brasil; Os Crimes da Rua Morgue em Portugal) é um conto escrito por Edgar Allan Poe e que foi publicado pela primeira vez na Graham's Magazine, em abril de 1841.

Conta a história de dois brutais assassinatos de mulheres na Rua Morgue, em Paris, casos que parecem insolúveis até que o detetive C. Auguste Dupin assume o caso e, usando sua estupenda inteligência, desvenda esse grande mistério.

O detetive Dupin é considerado o precursor de Sherlock Holmes. Os métodos de investigação são semelhantes ao do detetive inglês e, as histórias policiais em que aparece, encontram-se no período da gênese da literatura policial internacional.

Apesar dessas qualidades, Dupin é pouco conhecido pois seu criador escreveu apenas três contos com ele (a obra completa de Poe é pequena em razão da sua morte precoce, aos 40 anos, além de mais identificada com contos de terror e suspense, outra criação literária do genial autor estadunidense).

Além de Os Assassinatos da Rua Morgue, Dupin aparece nos seguintes contos:

Adaptações[editar | editar código-fonte]

Filmes

Os títulos em português se referem aos nomes que tais adaptações receberam no Brasil.

Música

  • Murders in the Rue Morgue é também uma canção do Iron Maiden, inspirada no conto de Poe, e e que aparece no segundo álbum do grupo, Killers.
  • A música "Little Disfunk You" do grupo sueco de pop-rock The Ark contém a passagem "I'll be the murder on Rue Morgue you're trying to solve" em uma clara alusão ao conto.

Outras histórias inspiradas pelo conto[editar | editar código-fonte]

  • Os Novos Assassinatos Da Rua Morgue, de Clive Barker.
  • Na mini-série em quadrinhos A Liga Dos Cavalheiros Extraordinários, é sugerido que o Mr. Hyde foi a fera responsável pelos crimes quando ele foi pego na famigerada rua anos depois por Mina Harker e Allan Quatermain.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]