Phil Zimmermann

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde abril de 2013) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Phil Zimmermann
Nacionalidade Estados Unidos norte-americana
Nascimento 12 de fevereiro de 1954 (60 anos)
Local Camden, Nova Jérsei
Conhecido(a) por criador do PGP
Prêmio(s) Prêmio Norbert Wiener (1996), Internet Hall of Fame (2012)

Philip R. "Phil" Zimmermann, Jr. (Camden, Nova Jérsei, 12 de fevereiro de 1954) é um criptógrafo estadunidense conhecido por ser o criador do PGP, um software de criptografia e assinaturas digitais para e-mail bastante usado.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de um motorista de caminhão betoneira, Zimmermann graduou-se em ciência da computação pela Florida Atlantic University em Boca Raton no ano de 1978.

Em 1991, desenvolveu o PGP, um programa de computador que utiliza criptografia assimétrica para proteger a privacidade do e-mail e dos arquivos armazenados no computador do usuário, em seguida o disponibilizou juntamente com seu código fonte através de FTP para download gratuito.

Apesar de Zimmerman afirmar que não tinha participação na distribuição do código do PGP fora do território americano, este logo tornou-se disponível no exterior através da internet. Depois de um relatório da empresa RSA Data Security, Inc., que teve uma disputa sobre o uso do algoritmo criptográfico RSA no projeto PGP, teve início uma investigação contra Zimmermann sobre uma possível violação do direito à exportação de software de criptografia nos Estados Unidos.[2] A investigação durou três anos, até o início de 1996. Finalmente, a acusação foi retirada e o caso foi arquivado.

Depois que o governo estadunidense desistiu do caso, Zimmermann fundou em 1996 a PGP Inc. e lançou uma versão atualizada do PGP e alguns outros produtos relacionados.[1] Esta empresa foi adquirida pela Network Associates (NAI) em dezembro de 1997, Zimmermann permaneceu por três anos como sócio sênior. Em 2002, NAI decidiu abandonar a linha de produtos PGP e o software foi adquirido pela PGP Corporation. Zimmermann passou a ocupar o cargo de conselheiro e consultor especial para essa empresa.

Em 2006, Zimmerman cria o Zfone, um software de comunicação Voz sobre IP (VoIP) que opera sob o protocolo SIP.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Zimmermann recebeu inúmeros prêmios técnicos e humanitários por seu trabalho pioneiro em criptografia:

Referências

  1. a b Official Biography: Philip Zimmermann. Internet Hall of Fame. Página visitada em 26 de abril de 2013.
  2. Vic Sussman (23 de março de 1995). Lost in Kafka Territory. U.S. News & World Report. Página visitada em 26 de abril de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Phil Zimmermann


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.