Pierre-Augustin Caron de Beaumarchais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Beaumarchais

Pierre-Augustin Caron de Beaumarchais (Paris, 24 de janeiro de 1732 — Paris, 18 de maio de 1799) foi um autor de teatro francês. Começou por exercer o ofício de relojoeiro, foi mestre de música das filhas de Luís XV, sendo seu secretário, diplomata de bastidores e agente secreto. Na infância, estudou violão, flauta, harpa.

Obra[editar | editar código-fonte]

Beaumarchais é o criador do personagem Fígaro, presente na trilogia constituída pelas comédias O Barbeiro de Sevilha ou A Precaução Inútil (no original em francês, Le barbier de Séville, 1775), As Bodas de Fígaro (no original, em francês, La Folle journée, ou le Mariage de Figaro, 1784), e pelo drama A mãe culpada (no original francês, L'Autre Tartuffe, ou la Mère coupable, 1789-1790). Todas as três peças foram transformadas em óperas - por Rossini, Giovanni Paisiello (Il barbiere di Siviglia), Mozart (Le nozze di Figaro) e Darius Milhaud (La Mère coupable).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Pierre-Augustin Caron de Beaumarchais
  • Biblioweb, uma biografia e um resumo de algumas de suas obras.



Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.