Portal:Relações internacionais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Globe centered in Cape Verde (globe location map scheme).svg Portal das Relações Internacionais

Direito História militar Economia História Geografia Estados extintos Nações Unidas Política Sociologia Mercosul
 ver·editar Introdução

As Relações Internacionais, comumente abreviadas como RI ou REL, visam ao estudo sistemático das relações políticas, econômicas e sociais entre diferentes atores do Sistema Internacional (SI). Entre os atores internacionais, destacam-se os Estados, além das empresas transnacionais, as organizações intergovernamentais (OIG), as organizações não-governamentais, opiniões públicas. Pode se focar tanto na política externa de determinado Estado, quanto no conjunto estrutural das interações entre os atores internacionais, como nos fenômenos internacionais.

 ver·editar Destaque

Os Tratados de Vestfália são uma série de acordos assinados em 1648 que encerrou a Guerra dos Trinta Anos e também reconheceu oficialmente as Províncias Unidas e a Confederação Suíça. Dentro da série, encontram-se também o Tratado Hispano-Holandês, que pôs fim à Guerra dos Oitenta Anos, outro entre o Sacro Império e França com Suécia, e também encerrou a guerra entre França e Espanha (com o Tratado dos Pirinéus).

Este conjunto de diplomas inaugurou o moderno Sistema Internacional de Estados, ao acatar consensualmente noções e princípios como o de soberania estatal e o de Estado-nação. Embora o imperativo da paz tenha surgido em decorrência de uma longa série de conflitos generalizados, surgiu com eles a noção embrionária de que uma paz duradoura derivava de um equilíbrio de poder, noção essa que se aprofundou com o Congresso de Viena (1815) e com o Tratado de Versalhes (1919). Por essa razão, a Paz de Vestfália costuma ser o marco inicial nos currículos dos estudos de Relações Internacionais.

 ver·editar Saiba que
Limited recognition.png
Estados com reconhecimento limitado.
(clique na imagem para ampiar)
 ver·editar Teoria das Relações Internacionais

Paradigmas

Corrente Tópicos Autores
Idealismo Sociedade das NaçõesIdealismo wilsonianoQuatorze PontosMultilateralismo Woodrow Wilson • ver também Immanuel Kant
Realismo e
Neorrealismo
EstadoAnarquiaInteresse nacionalPoderGuerraBalancingBandwagoningSegurançaRealismo ofensivoRealismo defensivo Edward Hallett CarrHans MorgenthauReinhold NiebuhrGeorge KennanHenry KissingerKenneth Waltz • ver também Thomas Hobbes e Tucídides
Escola inglesa Instituições internacionaisDiplomacia Hedley BullJohn BurtonDavid MitranyMartin Wight • ver também John Locke
Liberalismo e
Neoliberalismo
CooperaçãoOrganização intergovernamental Robert KeohaneJoseph NyeRobert Axelrod
Funcionalismo e
Neofuncionalismo
Integração regionalSpill-over David MitranyErnst B. HaasKarl DeutschPhilippe Schimitter
Marxismo e
Neomarxismo
Teoria da dependênciaTeoria dos sistemas-mundo
Teoria crítica
Construtivismo
Behaviorismo
Teoria feminista

Paradigmas geopolíticos

Corrente Tópicos Autores
Escola alemã Espaço vital Friedrich RatzelKarl Haushofer
Escola estadunidense ContençãoChoque de civilizações Alfred MahanNicholas SpykmanSamuel P. Huntington
Escola inglesa Poder navalTeoria do Heartland Halford Mackinder
Escola francesa EstadoRepresentaçãoFronteiraTerritório Yves LacosteFrédéric EncelBéatrice Giblin



Conceitos

Estudiosos de relações internacionais

A – G H – L M – Z
Historiadores


História das relações internacionais

Obras de referência

Escolas


 ver·editar Índice temático de artigos

Diplomacia

Relações internacionais por país

Organizações intergovernamentais

Estrutura da Organização das Nações Unidas

Organizações de vocação político-militar

Organizações de vocação regional

África
América
Ásia
Europa
Oceania
Oriente Médio e Norte da África

Organizações de vocação econômica

Organizações de vocação técnico-científica