Quarto Relatório de Avaliação do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Quarto Relatório de Avaliação do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) (também Climate Change 2007) é o quarto numa série de tais relatórios. O IPCC foi estabelecido pela Organização Meteorológica Mundial (OMM) e pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP) para avaliar informações científicas, técnicas e sócio-econômicas envolvendo a mudança climática, seus efeitos potenciais e opiniões para a adaptação e suavização. Cépticos têm feito uma variedade de críticas contra o relatório.

O quarto relatório foi liberada em quatro distintas seções.[1] A primeira seção liberou os relatórios sobre a base física científica. Fizeram muitas observações, tais como as mudanças na atmosfera, o aquecimento planetário, o gelo, neve, geleiras, chuvas, oceanos, furacões, sobre os fatores que aquecem ou resfriam o planeta, a sensibilidade climática, projeções baseados em modelos para o futuro, o aumento na temperatura e no nível dos mares.[2] A segunda seção liberou relatórios sobre os impactos, as adaptações e a vulnerabilidade, tais como as atribuições das mudanças, as projeções, os ecossistemas, os alimentos e os sistemas costeiros.[3] A terceira seção liberou o relatório sobre a suavização das mudanças climáticas, tais como a mitigação das mudanças climáticas em curto, médio e longo prazo.[4] A quarta seção liberou uma síntese das três seções anteriores.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Furacão Catrina Portal da
meteorologia

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre a ONU é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.