Samuel Noah Kramer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde Dezembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Samuel Noah Kramer (Kiev, 28 de setembro de 1897Estados Unidos da América, 26 de novembro de 1990) foi um assiriólogo e professor.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Benjamin e Kramer Yetta, em 1905, como resultado das medidas anti-semitas do czar Nicolau II da Rússia, a sua família emigrou para os Estados Unidos da América, tendo o seu pai estabelecido uma escola de língua hebraica na Filadélfia.

Após concluir o equivalente ao Ensino Médio (Ensino Secundário) e ter obtido um bacharelado, Kramer tentou diversas profissões, incluindo o ensino na escola do seu pai, vindo a tornar-se um escritor e um homem negócios. Sobre este período, declarou, mais tarde, em sua autobiografia: "Finalmente compreendi que poderia muito bem voltar às minhas origens e tentar utilizar o aprendizado em hebraico em que eu tinha investido tanto da minha juventude, e utilizá-lo de alguma forma para um futuro académico".

Transferiu-se para o Departamento de Estudos Orientais da Universidade da Pensilvânia, onde veio a trabalhar Efraim Avigdor Speiser, que viria a tornar-se uma das mais importantes figuras do mundo dos estudos da Antiguidade do Próximo Oriente. Speiser estava tentando decifrar os tabletes de argila com escrita cuneiforme, datados da Idade do Bronze tardia, cerca de 1300 a.C.. Foi aqui que Kramer iniciou a sua longa carreira trabalhando na decifração do sistema de escrita cuneiforme.

Kramer obteve o seu doutoramento em 1929, e destacou-se pela decifração de placas com escrita cuneiforme espalhadas no acervo de museus por todo o mundo. Aposentou-se formalmente da vida académica em 1968, mas manteve-se activo ainda por muitos anos.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • History Begins at Sumer: Thirty-Nine "Firsts" in Recorded History : (1956) (trad. port (Portugal): "A história começa na Suméria")
  • The Sumerians: Their History, Culture and Character, Samuel Noah Kramer, Publisher: University of Chicago Press (1963) ISBN 0-226-45238-7
  • Sumerian Mythology: Study of Spiritual and Literary Achievement in the Third Millennium B.C, Samuel Noah Kramer
  • Inanna : Queen of Heaven and Earth, Samuel Noah Kramer and Diane Wolkstein (New York: Harper & Row 1983) ISBN 0-06-090854-8


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.