Santa Vitória (Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Santa Vitória
"Santa City"
Antiga Igreja Matriz de Santa Vitória e antigo Cruzeiro, construída em 1936

Antiga Igreja Matriz de Santa Vitória e antigo Cruzeiro, construída em 1936
Bandeira desconhecida
Brasão de Santa Vitória
Bandeira desconhecida Brasão
Hino
Aniversário 31 de maio
Fundação 31 de maio de 1948
Gentílico santavitoriense
Lema Desenvolvimento para o povo
Prefeito(a) Genésio Franco De Moraes Neto ([PSDB])
(2013–2016)
Localização
Localização de Santa Vitória
Localização de Santa Vitória em Minas Gerais
Santa Vitória está localizado em: Brasil
Santa Vitória
Localização de Santa Vitória no Brasil
18° 50' 20" S 50° 07' 15" O18° 50' 20" S 50° 07' 15" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba IBGE/2008 [1]
Microrregião Ituiutaba IBGE/2007 [1]
Municípios limítrofes [limeira do oeste],[União de Minas],[Campina Verde],[Gurinhatã],[Ipiaçu]e[São Simão (Goiás)]
Distância até a capital 760 Km km
Características geográficas
Área 3 021,74 km² [2]
População 18 157 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 6,01 hab./km²
Altitude 498 m
Clima tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,76 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 215 957,812 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 13 618,22 IBGE/2008[5]
Página oficial

Santa Vitória é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Localiza-se a uma latitude 18º50'19" sul e a uma longitude 50º07'17" oeste, estando a uma altitude de 498 metros. Sua população estimada em 2010 era de 18 157 habitantes. Possui uma área de 3021,74 km².

Lions Clube de Santa Vitória, foi fundado em 1966, e seu primeiro presidente foi o CL. Vicente Francisco Franco 66/67. O Lions Clube de Santa Vitória tem se destacado em suas campanhas em prol da comunidade mais carente, dentre elas temos, " Criança Feliz" em Outubro, e também a do" Natal Sem Fome" realizada anualmente no mês dezembro, além de um programa em conjunto com a Secretaria de Saúde, onde o Lions doou 300 óculos para pessoas necessitadas. Atualmente temos como presidente do Lions, CL. Marcelo Aragon, 2012/2013.

ECONOMIA

A cidade melhorou muito nos últimos 5 anos com a chegada de duas industrias sucroalcooleiras, Santa Vitória apresenta muitas vagas de emprego, em usinas sucroalcooleira da região, comércio e autônomo. A cidade é hoje uma referência Nacional, com a vinda de grandes empresas sucroalcooleiras dentre elas a Multinacional DOW QUÍMICA, Santa Vitória, fica na região do Pontal do Triângulo Mineiro. Referência pode ser feita aos municípios de Ituiutaba, Campina Verde, Gurinhatã, Ipiaçu, São Simão-GO e União de Minas, pela proximidade.

Tem no agronegócio (agricultura da cana, milho, pecuária de corte e leite) e na prestação de serviços (comércio variado, advocacia, assessoria e consultoria de informática, etc) seus principais elementos e fonte de divisas. Em destaque a Feira e Exposição agropecuária anual, conhecida como EXPOSANTA, que tem abrangência nacional, e acontece no mês de aniversário da cidade, em Maio.

Santa Vitória passa por uma grande transformação econômica com a implantação de grandes projetos empresariais como duas grandes usinas sucroalcooleiras que movimenta consideravelmente a cidade, gerando em torno de três mil empregos diretos e outros tantos indiretos, com a vinda de trabalhadores de várias partes do Brasil.

De clima ameno e hidrografia privilegiada, a cidade está apta a receber qualquer tipo de agroindústria. Possui um distrito industrial bem estruturado e a Prefeitura distribui incentivos fiscais. Ainda neste ano de 2011 começa a ser construído o Porto Hidroviário no Distrito de Chaveslândia.

Santa Vitória conta com três rodovias federais, a BR 365 que liga a Ituiutaba e São Simão, a BR 461 que liga a União de Minas e também a quase pronta BR 364 a famosa São Paulo-Cuiaba.

Administração

De acordo com a Constituição de 1988, o Município de Santa Vitória integra a República Federativa do Brasil, com inspiração no modelo estadunidense. A administração municipal se dá pelo poder executivo e pelo poder legislativo.[36]

Antes de 1930 os municípios eram dirigidos pelos presidentes das câmaras municipais, também chamados de agentes executivos ou intendentes. Somente após a Revolução de 1930 é que foram separados os poderes municipais em executivo e legislativo.[37] O primeiro intendente do município foi Lourival Alves. Em 2008 o prefeito eleito nas Eleições municipais no Brasil foi Antonio Celso Andrade Domingues, do Partido da República (PR).

O Poder Legislativo é constituído pela Câmara Municipal, composta por nove vereadores eleitos para mandato de quatro anos (em observância ao disposto no artigo 29 da Constituição[40]) e está composta da seguinte forma: duas cadeiras do Partido Democrático Trabalhista (PDT); uma do Partido Social Liberal (PSL); duas do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB); uma do Partido Verde (PV), uma do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) uma do Partido Trabalhista do Brasil (PTB) e uma do Partido Popular Socialista (PPS). Cabe à casa elaborar e votar leis fundamentais à administração e ao Executivo, especialmente o orçamento participativo (Lei de Diretrizes Orçamentárias). O Município de Santa Vitória tem lei orgânica.[42] A cidade é a sede de uma comarca. No passado, a Câmara Municipal reunia-se no prédio do Poder Executivo Municipal. Em 1993, o então presidente do Legislativo Roberto Lopes de Assis adquiriu uma sede própria, concretizando a independência daquela casa de leis do Poder Executivo.

HISTÓRICO DO LEGISLATIVO

Ex-Presidentes da Câmara Municipal de Santa Vitória

Atual em 2013 Marcondes Pereira De Lima 2013

Nehie Ferreira EL Bahiel Franco 2012

Hélio Milton Alves Araújo 2011

João Batista de Medeiros 2010

Gilberto Quirino de Souza 2009

José de Oliveira Medeiros 2008

João Batista de Medeiros 2007

Antônio José de Queiroz 2006

Almir José da Costa Bernardes 2005

Iara Maria Franzão Ferreira 2004

João de Deus de Lima 2003

Gilto de Oliveira Borges 2002

Joao Valcy de Medeiros 2001

Dimas Lourenco Freire 2000

Antônio José de Queiroz 1999

Renato José de Paula 1998

Dimas Lourenco Freire 1997

Antônio José de Queiroz 1996

Silvio Antônio de Oliveira 1995

Renato José de Paula 1994

Roberto Lopes de Assis 1993

Adalto Ribeiro Franco 1992 ~ 1991

Ailson Martins dos Santos 1990 ~ 1989

Nivaldo Domingues da Silva 1988 ~ 1987

Isac Francisco de Queiroz 1986 ~ 1985

Vicente Ferreira de Queiroz 1984 ~ 1983

Ailson Martins dos Santos 1982

Pio Candido da Silva 1981 ~ 1979

José de Freitas Amaral 1978 ~ 1977

Ésio Paranaíba 1976

Mario Candido Ferreira 1975

Alceu Ferreira de Queiroz 1973

Ozílio Francisco de Freitas 1972

Pio Bonito 1971

Ozílio Francisco de Freitas 1970

Joaquim Teodoro de Queiroz 1969 ~ 1968

João Abadio Franco 1967 ~ 1963

Jerônimo Teodoro 1962

João Batista Capanema 1961 ~ 1960

Juvenal Teodoro Arantes 1959

José Sgnorelli Sobrinho 1958

Lazaro Silveira Guedes 1957 - 1956

Nelson Jacinto de Freitas 1953

José Francisco Soares 1950

Francisco dos Reis Goulart 1949

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

(em português) Página Oficial

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.