Shining Force III

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Shining Force III
Desenvolvedora Camelot Software Planning
Publicadora(s) Sega
Compositor(es) Motoi Sakuraba
Plataforma(s) Sega Saturn
Data(s) de lançamento Scenario 1
  • JP 11 De Dezembro De 1997
  • EU Junho De 1998
  • AN Agosto De 1998
Scenario 2
  • JP 29 De Abril 1998
Scenario 3
  • JP 23 De Setembro 1998
Gênero(s) Tactical role-playing game
Modos de jogo Single player
Mídia CD-ROM


Shining Force III (シャイニング・フォースIII, Shainingu Fōsu III?) é um jogo desenvolvido para Sega Saturn. Foi criado pela produtora Camelot em parceria com a Sega, e desenvolvido para o console Sega Saturn.O jogo lançado nos Estados Unidos e Europa com o nome de Shining Force III na realidade em sua versão Japonesa é compreendido por três volumes. Cada um destes volumes é chamado de Scenario (Cenário).

Os três CDs devem ser jogados sequencialmente - ou seja, primeiro joga-se o cenário 1; ao terminar usa-se o arquivo salvo na memoria do Sega Saturn para se jogar o cenário 2; e, por fim, usa-se o arquivo do jogo terminado do cenário 2 (que já continha as informações do cenário 1) para jogar o cenário 3. Isto é por causa do elemento de sincronia, e porque assim é possível obter todos os personagens secretos de todos os CDs para enfrentar o último inimigo do cenário 3, o Demônio Bulzome.

Por causa deste sistema, o game acaba por fim possuindo um enredo bastante longo e empolgante, e uma batalha que enxergamos da visão de Synbios no primeiro disco, poderá ser vista no ponto de vista do Medion no segundo CD. Isto cria um sentimento amplo de história do ponto de vista do jogador.

Os diferentes Scenarios (Cenários), como é denominado cada parte da história, separada em um disco distinto, são:

Scenario 1 | "God Warrior of the Kingdom" Scenario 2 | "Target: Child of God", e o Scenario 3 | "Bulzome Rising". Para os jogadores que conseguiam juntar os três discos, Camelot Soft concedeu durante um tempo uma promoção em que entregava o Premium Disc, que consistia em um disco bônus especial com galeria de arte, galeria de modelos 3D dos personagens, batalhas especiais, e mais alguns extras.

Nos Estados Unidos e na Europa, apenas o Scenario 1 foi lançado e traduzido. O verdadeiro final do jogo só é conhecido quando se completa todos os três discos da série. Esse conceito apareceu também em games como Suikoden III com o chamado "Trinity Sight System"(Sistema de três visões).

Enredo[editar | editar código-fonte]

Scenario 1 (Cenário 1), God Warrior of the Kingdom (Deus guerreiro do Reino), fala sobre Synbios, um jovem general da República da Aspinia. Aspinia era uma vez uma parte do império de Destonia, mas se separaram depois de uma guerra de independência liderada por alguns dos nobres mais considerados. Eles se opunham às políticas totalitárias do Imperador Domaric, que separa as pessoas por classes, criando uma enorme disparidade entre os ricos e os pobres. Tensões permaneceram entre Aspinia e Destonia após a secessão, marcado por disputas de fronteira ocasionais. Imperador Domaric sempre desejou reaver seus territórios perdidos.

Quando o jogo começa, Synbios faz parte de uma força militar que representa Aspinia em uma conferência de paz na cidade neutra de Saraband. Devido à manipulação por forças externas - mais tarde descobriu-se conectado com uma seita religiosa conhecida como a "Seita Bulzome" - uma guerra em grande escala irrompe novamente entre Aspinia e Destonia. A maior parte da história do jogo cobre esta guerra, assim como Synbios e luta de seu exército contra a seita de Bulzome. Durante todo o jogo Synbios tem encontros periódicos com Medion, o mais jovem príncipe do império de Destonia, que também reconhece a verdade por trás da guerra. Embora em lados opostos da guerra, os dois trabalham juntos para identificar a ameaça real. Papel de Medion é retratado em mais detalhes no Scenario 2.

Scenario 2 (Cenário 2), Target: Child of God (Alvo: criança de Deus) ,fala sobre Medion, Príncipe de Destonia, o mais jovem e de três filhos do Imperador Domaric. Embora fiel ao seu pai e seu país, ele percebe que existem outras forças em ação sob as tensões entre Aspinia e Destonia. Ele participa da conferência em Saraband, em nome da Destonia, junto com seus irmãos, Arrawnt Mageron. Como descoberto no Scenario 1, grande parte desta influência vem da seita Bulzome, que pretende criar guerra para aumentar a maldade do mundo, já que Bulzome parece estar se alimentando de energias negativas, e acelerar o seu despertar. Bulzome consegue acender as chamadas da guerra entre Destonia e Aspinia. A história de Medin acontece paralelamente à de Synbios de Aspinia, muitas vezes lutando contra traidores da república Aspinian e salvando o batalhão de Synbios, ou batalhando em algumas situações contra seus próprios compatriotas do império. No final do jogo, Medion é forçado a lutar com o exército de Synbios, mostrando o potencial do efeito de sincronia porque ele enfrenta o batalhão reserva que o jogador montou durante o Scenario 1. ' Neste momento, ao final do jogo, Julian passos para detê-los.

Scenario 3 (Cenário 3), Bulzome Rising(Nascimento de Bulzome), fala sobre Julian, um mercenário que apareceu como um personagem secundário em ambos os discos do Scenario 1 e Scenario 2. Ele é para todos os efeitos, o verdadeiro protagonista do Shining Force III. Sua motivação inicial começa com ele procurando um Vandal (Vândalo), ele deseja matar Galm, um dos mais poderosos dos Vandals (vândalos), uma raça de seres poderosos de energia escura e maligna que existiram mais de 1.000 anos atrás. Julian acredita que Galm matou seu pai e está em busca de vingança. Esta parte da história foi desenvolvida pela primeira vez em um jogo anterior Shining, Shining The Holy Ark, em que Julian aparece como um jovem rapaz que pede ao grupo principal para procurar seu pai desaparecido.

Julian se junta com Synbios no meio de sua busca no Scenario 1, mas depois de um encontro do exército de Synbios com Galm, ele é lançado por Galm em uma cachoeira na ponte de suspensão, e o exército de Synbios acredita que ele morreu. Ele reaparece no Scenario 2, levado pelas águas até o local onde acontece uma batalha entre o exército Medion e a Seita de Bulzome. Sabendo da ligação da seita com os vândalos, Julian concorda em lutar ao lado de Medion. Fica claro que a seita pretende matar Gracia, uma criança destinada a se tornar o próximo Innovator (Inovador é a figura da série Shining Force equivalente a um deus), Julian assume a tarefa de protegê-lo e ajudar Gracia a realizar o seu destino.

Scenario 3 parte do ponto onde Scenario 2 parou, e se concentra principalmente em batalhas contra a Seita Bulzome e seus aliados em ambos os lados de Aspinia e Destonia. Julian eventualmente lidera uma união de três forças, que consistem em ambos os exércitos de Synbios e Medion, formando o lendário Jumsy, sendo que Jumsy era o que o Gracia estava buscando, foi profetizado nas escrituras, sendo que é descoberto que é a união dos nomes dos líderes das forças que irão lutar no conflito final contra Bulzome, um poderoso Vandal que está buscando seu renascimento, e o verdadeiro criador dos conflitos.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Shining Force foi uma série de muito sucesso no Mega Drive, sendo que com a chegada da era dos 32 bits da Sega, era de se esperar alguma forma de continuação para a plataforma, e o Sega Saturn era o videogame onde isto poderia se tornar possível para a época.

Shining Force III foi o primeiro Shining Force a ter sido lançado sobre uma plataforma totalmente 3D. Foi um marco para sua época, especialmente porque foi programado em Assembly, que é a linguagem de programação utilizada pelo Sega Saturn , sendo necessário muita técnica para obter bons resultados nesta linguagem, inclusive considerando a disposição dos processadores do Sega Saturn. o Sega Saturn originalmente era um projeto de um videogame 2D que foi adaptado para um videogame 3D.

Shining Force III sem dúvida até hoje é um dos grandes sucessos do Sega Saturn, infelizmente pouco conhecido para o público em massa, um dos fatores é o fato de ter sido lançado no Japão quando o console estava quase na sua fase final. Outro fator que contribuiu ao desconhecimento foi o fato de a Sega nunca ter traduzido os cenários 2 e 3 para o idioma inglês. Isto aconteceu devido a uma série de problemas da Sega, como por exemplo o fato de, na época estar preparando o lançamento do Sega Dreamcast, isto aconteceu quando o projeto do Shining Force III estava todo programado para ser lançado em Sega Saturn, sendo que não haveria uma conversão emergencial para um lançamento em dreamcast, e por causa da morte anunciada do Sega Saturn, isto acabou atrapalhando muito o lançamento comercial da série. Na prática o game foi lançado completamente apenas no japão, a sega inclusive modificou algumas falas finais do cenário 1 no final do jogo para dar a impressão que a história se encerrava no primeiro CD.

Devido a sua grande qualidade e jogabilidade, jogadores do mundo todo adquiriram e compraram a trilogia, jogando os cenários 2 e 3 mesmo em sua versão japonesa para conhecer o final do game, mesmo sem entender o idioma japonês. Shining Force III e até hoje um game procurado, sendo possível encontrar ele em alguns sites de compras especializados em jogos antigos, ou mesmo em sites de venda como o Ebay.

Shining Force III, embora tenha sido lançado após tantos anos, até hoje é uma referência como o último e verdadeiro Shining Force lançado, já que lançamentos mais recentes da história dos games como Shining Force Neo e outros, não possuem realmente os verdadeiros elementos de jogabilidade presentes em Shining Force III. A jogabilidade destes games é muito diferente da que era composta a série original, fazendo com que até hoje Shining Force III se mantenha como o mais fiel ao gênero original da série.

Uma série de petições on-line foram escritas por fãns, reivindicando a criação de um Shining Force IV , ou mesmo a portabilidade da trilogia Shining Force III para outros consoles, no entanto até hoje Shining Force III se mantém como um game que foi lançado no Sega Saturn e só teve sua tradução em inglês para o primeiro disco, o cenário 1. Existem projetos de fãns com traduções amadoras dos cenários 2 e 3 para o inglês, sendo que os projetos de tradução não oficiais de Shining Force III adquiriram uma grande qualidade ao passar dos anos. Estes projetos não são reconhecidos pela Sega e nem são reconhecidos pela Camelot, visto que são amadores e não oficiais.

Versão Beta[editar | editar código-fonte]

Em 1997, a Sega do Japão lançou o protótipo beta para o jogo e contou com várias diferenças importantes, tais como um formato de nível não utilizados, contendo diferenças de voz dos personagens principais e dos monstros, alguns que não aparecem no jogo final. Esta demonstração não foi lançada em qualquer lugar fora do Japão, e, portanto, é procurado como um raro item para colecionadores de jogos retrô e colecionadores de RPG também. Com suas diferenças (como alguns níveis que não aparecem no jogo final, ou aparecem em Scenarios diferentes, ou eram representados só como esboço) a versão Beta foi a forma da Sega de testar o mercado para saber sobre a popularidade da série. As diferenças do jogo final são muito claras, tais como:

  • Magias para o personagem principal, Synbios, não estão incluídas nesta versão. No produto final a sua magia básica conhecida como Return, que traria o grupo de volta para uma igreja como um ponto de salvamento. Como esta era apenas uma demo, porém, não havia necessidade para que ele isto fosse incluído. Sua magia Spark podem ser obtida no nível 9 da primeira promoção nesta versão, no entanto, a magia não funciona, mas o ícone e o MP aparecem na tela de status.
  • Nesta versão, vozes para personagens foram incluídos apenas para Synbios, Masquirin, Grace e Hayward. Os outros personagens, como Obright e Dantares, não tem voz e, embora realizem especiais onde deveriam haver falas como na versão final, nada é dito.
  • Muitos dos monstros incluídos serviram como teste de batalhas, como o Minotauro, Lich, Worm, Bat, e Lizard. Esta formação de monstros é incomum se comparada com a versão final do jogo, na versão final o jogador encontrará estes monstros em momentos diferentes poderes e status que não correspondem aos status apresentados na versão beta.
  • Uma área que não foi removida na versão final do jogo e ficou praticamente idêntica é conhecida comoDwarf Valley (Vale do anão) e é a batalha original do Vale do Anão. O nível em si foi um protótipo da batalha da Waterfall (Cachoeira) antes de chegar Aspia no Scenario 1, sendo que aparece a Ponte Suspensa e a cachoeira idênticos a versão final, e inclusive a área de penhascos está incluída. No entanto, as diferenças são que os mapeamentos de textura do terreno não foram completamente terminados, e as áreas de início e do final do nível são diferentes se comparadas com a versão final.

Links[editar | editar código-fonte]

Predefinição:Shining series