Sidarta Ribeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Sidarta Tollendal Gomes Ribeiro (Brasília, 16 de abril de 1971) é um neurocientista brasileiro, professor titular e diretor do Instituto do Cérebro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte [1] .

Exerceu a função de secretário da Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento (SBNeC) no triênio 2009-2011. Atualmente é membro do comitê brasileiro do Pew Latin American Fellows Program in the Biomedical Sciences e membro do steering committee da "Latin American School of Education, Cognitive and Neural Sciences" [2] . Integra o Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão em Neuromatemática (NeuroMat).[3]


Pesquisa[editar | editar código-fonte]

O laboratório de Sidarta Ribeiro faz pesquisa nas interfaces entre eletrofisiologia, etologia e biologia molecular, atuando principalmente nos seguintes temas:

  1. Sono, sonho e memória;
  2. Genes imediatos e plasticidade neuronal;
  3. Comunicação vocal em aves e primatas;
  4. Competência simbólica em animais não-humanos.

A migração de neurocientistas para Natal[editar | editar código-fonte]

Em meados da década de 1990, Sidarta Ribeiro juntou-se aos neurocientistas brasileiros Claudio Mello, Sergio Neuenschwander, Cecília Hedin-Pereira, Antonio Pereira, Claudia Vargas e Mário Fiorani na concepção de um projeto de repatriação de capital humano que está na origem tanto do Instituto do Cérebro da UFRN quanto do Instituto Internacional de Neurociências de Natal Edmond e Lily Safra (IINN-ELS)[4] . Em 2003 a iniciativa passou a ser vigorosamente apoiada pelo setor público, com auxílio decisivo dos Ministérios da Educação e da Ciência & Tecnologia.

Em consequência, a UFRN assumiu a criação de um centro de pesquisa de ponta em neurociências como parte de seu plano estratégico para o desenvolvimento futuro. A fim de implementar o projeto de uma forma sólida, a universidade passou a realizar desde 2008 um recrutamento internacional de pesquisadores com pós-doutoramento para compor seu quadro docente. O grupo inclui atualmente 18 professores selecionados por concursos públicos: Adriano Tort, Antonio Pereira, Maria Bernardete de Sousa, Claudio Queirós, Diego Laplagne, Draulio de Araújo, Lia Bevilaqua, Katarina Leão, Kerstin Schmidt, Jesper Ryge, Marcos Costa, Martin Cammarota, Richardson Leão, Rodrigo Pereira, Sandro de Sousa, Sergio Neuenschwander, Sidarta Ribeiro, e Tarciso Velho. No dia 13 de maio de 2011, Sidarta Ribeiro participou com dirigentes, professores, técnicos e estudantes da UFRN da inauguração do Instituto do Cérebro.

No dia 26 de julho de 2011, o jornal Folha de S. Paulo publicou uma matéria relatando a cisão entre Miguel Nicolelis e o grupo de professores da UFRN recrutados para o projeto, entre os quais Sidarta Ribeiro[5] . A reportagem informou que o principal motivo da cisão foi a falta de acesso dos pesquisadores da UFRN aos equipamentos utilizados no IINN-ELS. Essa informação foi confirmada pelo periódico internacional Science [6] . Uma matéria na revista Piauí afirmou que a saída dos professores da UFRN se deu por insatisfação generalizada com a gestão de Nicolelis [4].

Uma outra versão, divulgada em reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, relata que a dissidência seria decorrente de críticas de Nicolelis a um suposto baixo impacto das pesquisas desenvolvidas por este grupo[7] . Passado mais de um ano da cisão, o Instituto do Cérebro da UFRN dá continuidade à missão original do projeto, com dedicação exclusiva ao ensino de pós-graduação e graduação de alta qualidade, à pesquisa neurocientífica em nível internacional e à extensão de ciência, esporte e arte junto a estudantes, pacientes hospitalares e jovens em situação de risco. Os docentes do ICe apresentam produção científica em periódicos como Nature Neuroscience, PNAS e Journal of Neuroscience, totalizando 613 artigos publicados e 14.146 citações. Em média, os docentes do ICe-UFRN apresentam 34 artigos com 786 citações por docente.

Formação acadêmica[editar | editar código-fonte]

Obras[editar | editar código-fonte]

Publicações científicas selecionadas[editar | editar código-fonte]

  • Mota, NB, Vasconcelos NAP, Lemos N, Pieretti AC, Kinouchi O, Cecchi GA, Copelli M, Ribeiro S. Speech Graphs Provide a Quantitative Measure of Thought Disorder in Psychosis. PLoS ONE 7(4): e34928. doi:10.1371 /journal.pone.0034928, 2012.
  • Ribeiro S. Sleep and plasticity. Pflugers Arch. 463(1):111-20, 2012.
  • de Araujo DB, Ribeiro S, Cecchi GA, Carvalho FM, Sanchez TA, Pinto JP, de Martinis BS, Crippa JA, Hallak JEC, Santos AC. Seeing with the eyes shut: Neural basis of enhanced imagery following ayahuasca ingestion. Human Brain Mapping (Print), doi: 10.1002/hbm.21381, 2011.
  • Vasconcelos N, Pantoja J, Belchior H, Caixeta FV, Faber J, Freire MAM, Cota, VR, de Macedo EA, Laplagne DA, Gomes HM, Ribeiro S. Cross-modal responses in the primary visual cortex encode complex objects and correlate with tactile discrimination. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America 108: 15408-15413, 2011.
  • Ribeiro TL, Copelli M, Caixeta F, Belchior H, Chialvo DR, Nicolelis MAL, Ribeiro S. Spike Avalanches Exhibit Universal Dynamics across the Sleep-Wake Cycle. Plos One 5:e14129, 2010.
  • Simões CS, Vianney P, Freire MAM, de Moura MM, Mello LE, Sameshima K, Araujo JF, Nicolelis MAL, Mello CV, Ribeiro S. Activation of frontal neocortical areas by vocal production in marmosets. Frontiers in Integrative Neuroscience 4: 123, 2010.
  • Ribeiro S, Pereira CM, Faber J, Blanco W, Nicolelis MAL. Downscale or emboss synapses during sleep. Frontiers in Neuroscience 3: 420-421, 2009.
  • Ribeiro S, Shi X, Engelhard M, Zhou Y, Zhang H, Gervasoni D, Lin SC, Wada K, Lemos NA, Nicolelis MAL. Novel experience induces persistent sleep-dependent plasticity in the cortex but not in the hippocampus. Frontiers in Neuroscience, 1: 43-55, 2007.
  • Ribeiro S, Loula AC, Araujo I, Gudwin RR, Queiroz J. Symbols are not uniquely human. Biosystems 90: 263-272, 2006.
  • Ribeiro S e Nicolelis MAL. Reverberation, storage and post-synaptic propagation of memories during sleep. Learn. Mem. 11(6): 686-696, 2004.
  • Gervasoni D, Lin SC, Ribeiro S, Soares ES, Pantoja P, Nicolelis MAL. Global forebrain dynamics predicts animal behavioral states and their transitions. J. Neurosci. 24: 11137-11147, 2004.
  • Ribeiro S, Gervasoni D, Soares ES, Zhou Y, Lin SC, Pantoja P, Lavine M, Nicolelis MAL. Long-lasting novelty-induced neuronal reverberation during slow-wave sleep in multiple forebrain areas. PLoS Biology 2: 126-137, 2004.
  • Ribeiro, Sidarta. Sonho, memória e o reencontro de Freud com o cérebro. Rev. Bras. Psiquiatria, 2003.
  • Ribeiro S, Mello CV, Velho T, Gardner TJ, Jarvis ED, Pavlides C. Induction of hippocampal long-term potentiation during waking leads to increased extra-hippocampal zif-268 expression during ensuing rapid-eye-movement sleep. J. Neurosci. 22: 10914-10923, 2002.
  • Jarvis ED, Ribeiro S, Silva ML, Ventura D, Vielliard J, Mello CV. Behaviourally driven gene expression reveals song nuclei in hummingbird brain. Nature, v. 406, p. 628-632, 2000.
  • Ribeiro S, Cecchi, Magnasco, Mello CV. Towards a song code: evidence for a syllabic representation in the canary brain. Neuron, v. 21, p. 359-371, 1998.

Divulgação científica[editar | editar código-fonte]

  • Maconha, Cérebro e Saúde em co-autoria com Renato Malcher-Lopes (Editora Vieira e Lent, 2007).
  • Coluna Limiar publicada mensalmente desde 2004 na revista Mente e Cérebro (Editora Duetto).

Ficção[editar | editar código-fonte]

  • Entendendo as Coisas, coletânea que inclui o conto vencedor do Prêmio Internacional Guimarães Rosa 1996 - Radio France Internationale (Editora L&PM, 1998).

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.