Tarumirim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde outubro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Município de Tarumirim
Igreja Matriz de São Sebastião

Igreja Matriz de São Sebastião
Bandeira de Tarumirim
Brasão de Tarumirim
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 31 de janeiro de 1938
Gentílico tarumirinense
Prefeito(a) Dalva Maria de Oliveira[1] (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Tarumirim
Localização de Tarumirim em Minas Gerais
Tarumirim está localizado em: Brasil
Tarumirim
Localização de Tarumirim no Brasil
19° 16' 51" S 42° 00' 25" O19° 16' 51" S 42° 00' 25" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Vale do Rio Doce IBGE/2013[2]
Microrregião Caratinga IBGE/2013[2]
Municípios limítrofes Itanhomi, Engenheiro Caldas, Sobrália, São João do Oriente, Dom Cavati, Inhapim, Alvarenga e Conselheiro Pena.
Distância até a capital 291 km
Características geográficas
Área 730,270 km² [3]
Distritos Sede e Taruaçu de Minas[4]
População 14 677 hab. estatísticas IBGE/2013[5]
Densidade 20,1 hab./km²
Clima tropical Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,633 médio PNUD/2010[6]
PIB R$ 88 231 mil IBGE/2010[7]
PIB per capita R$ 6 468,07 IBGE/2010[8]
Página oficial

Tarumirim é um município brasileiro do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Sua população estimada em 2013 era de 14 677 habitantes.[5]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O topônimo Tarumirim significa "céu pequeno". Provavelmente o nome seja uma formação híbrida da palavra krenak taru "céu" e o sufixo diminutivo tupi "pequeno". A palavra céu em tupi é ybáka.

História[editar | editar código-fonte]

O núcleo de povoação que deu origem ao município, criado por Antônio Cunha e seus irmãos, cresceu com a chegada de outros moradores, formando-se o povoado denominado Patrimônio do Cunha.

O Patrimônio do Cunha passou a distrito pela lei estadual nº 556 de 30 de agosto de 1911, com o nome de Tarumirim (pertencendo ao município de Carantinga) e foi instalado em 8 de junho de 1912, com as seguintes divisas: "Partindo da barra do Córrego Vai e Volta com o Rio Caratinga e por este acima até a barra do Córrego Ponte Alta, na sesmaria de Antônio Pedro da Silveira; por este acima até os espigões em linha reta em direção ao poente, compreendendo as águas vertentes do Ribeirão Santo Estêvão até a confluência com o Ribeirão do Bugre, e daí, Santo Estêvão abaixo até a barra com o Rio Doce pelo lado direito, do Santo Estêvão pelo Rio Doce abaixo até a barra do Ribeirão Trahíras e por este acima compreendendo todas as vertentes até o alto da serra que divide as águas do Queiroga e Jatahy, sempre por vertentes, até a barra do Vai e Volta com o Caratinga".

Em 1938, emancipa-se.

Geografia[editar | editar código-fonte]

A população atual, segundo dados do IBGE, estatística 2009, é de 14.585 habitantes, sendo 2.033 na área urbana e 3.188 na área rural. A densidade demográfica é de 14,19 hab/km².

Economia[editar | editar código-fonte]

Comércio - O município conta com 42 estabelecimentos (sendo que 8 são farmacias) comerciais e 383 propriedades rurais. Os principais prestadores de serviços são: Cemig, Copasa, Sicoob Credicope, Banco do Brasil, Hospital São Vicente de Paula, Talles Informatica, Grafica Victoria e o Centro de Saúde.

Agropecuária - A principal fonte de renda do município é a agropecuária, e os principais produtos são leite e carne bovina.Embora o leite seja o principal responsável pela geração de renda, o município atualmente não conta com nenhum estabelecimento de processamento, laticínio ou fábrica de derivados.

Cachaça - O município também é sede de uma fábrica de cachaça de qualidade. A cachaça Lenda Mineira é produzida pela Agropecuária Roda D´Água Ltda e possui selo da AMPAQ-Associação dos Produtores de Cachaça de Qualidade. O produto destaca-se pela qualidade superior e pela grande conceituação no mercado de exportação.

Além desta fábrica, existem vários alambiques no município, que fabricam cachaça artesanal, comercializada no município e em cidades do entorno.

Educação[editar | editar código-fonte]

Tarumirim possui 5 escolas sendo: 1 municipal (Escola Municipal São Sebastião) 3 estaduais (E.E. Sinfrônio Bomfim, E.E. Professora Maria Teixeira da Fonseca e E.E. Manoel Joaquim de Andrade) e 1 particular (Construção do Saber).

Referências

  1. Eleições 2012 (7 de outubro de 2012). Candidatos a Prefeito Tarumirim/MG. Página visitada em 16 de outubro de 2013. Cópia arquivada em 16 de outubro de 2013.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais (19 de julho de 2013). Divisão Territorial do Brasil. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Página visitada em 16 de outubro de 2013.
  3. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (10 de outubro de 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 de dezembro de 2010. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2011.
  4. Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (2007). Tarumirim - Histórico. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Página visitada em 16 de outubro de 2013. Cópia arquivada em 16 de outubro de 2013.
  5. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1º de julho de 2013). Estimativas da população residente nos municípios brasileiros com data em 1º de julho de 2013. Página visitada em 9 de setembro de 2013. Cópia arquivada em 9 de setembro de 2013.
  6. Atlas do Desenvolvimento Humano (29 de julho de 2013). Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Página visitada em 9 de setembro de 2013. Cópia arquivada em 9 de setembro de 2013.
  7. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2010). Produto Interno Bruto dos Municípios - 2010 » PIB a preços correntes » Comparação entre os Municípios: Minas Gerais. Página visitada em 9 de setembro de 2013. Cópia arquivada em 9 de setembro de 2013.
  8. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2010). Produto Interno Bruto dos Municípios - 2010 » PIB a preços correntes » Comparação entre os Municípios: Minas Gerais. Página visitada em 9 de setembro de 2013. Cópia arquivada em 9 de setembro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.