Tibério Coruncânio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tibério Coruncânio (em latim: Tiberius Coruncanius; ? — 241 a.C.) foi um político e militar da República Romana que ocupou o consulado em 280 a.C. É conhecido pela sua participação na guerra contra o rei Pirro de Epiro e por ter sido o primeiro Pontifex Maximus de origem plebeia da República. É possível que também fosse o primeiro professor de Direito romano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Acredita-se que Tibério Coruncânio procedia de uma familiar plebeia que poderia proceder de Túsculo.1

Foi eleito cônsul em 280 a.C. junto com Públio Valério Levino, e dirigiu uma expedição militar à Etrúria, contra as cidades etruscas. Quando Pirro de Epiro invadiu a península itálica e derrotou as legiões romanas de Levino na batalha de Heracleia, as legiões de Tibério foram chamadas de volta a Roma para preparar a defesa do território romano.

Em 254 a.C. ou em 253 a.C. foi eleito Pontifex Maximus, cargo sacerdotal principal da República Romana. Foi a primeira ocasião em que um plebeu ocupava este cargo. Morreu em 241 a.C., sendo substituído como Pontifex Maximus por outro plebeu durante um breve período de tempo.

Impacto histórico da personagem[editar | editar código-fonte]

Tibério Coruncânio foi o primeiro personagem que exerceu publicamente o direito (publice professus est), e diz-se de ele que era eloquente e de grandes conhecimentos.2

A instrução pública em Direito teve o efeito de criar uma nova classe de pessoas sem cargo sacerdotal mais instruídas no Direito romano (jurisprudentes). Após a sua morte, a instrução destes estudantes de Direito foi-se virando mais formal, com a introdução de livros de Direito.3

É possível que, como primeiro Pontifex Maximus plebeu, Coruncânio permitisse membros do público e estudantes de Direito estar presentes durante as sessões, e que encarregasse atender os trabalhos consultivos solicitados pelos cidadãos. Estas consultas provavelmente decorressem na parte exterior do Colégio de Pontífices, de modo que fossem acessíveis para qualquer interessado. Portanto, teria-se tornado no primeiro professor conhecido de Direito romano.4

Referências

  1. Republicam Jurists
  2. p. 655 de A Dictionary of Greek and Roman Anqiquities by William Smith. John Murray, London 1875.
  3. Desconhecido. "Legal education." Encyclopædia Britannica. 2007. Encyclopædia Britannica Online. Consultado a 4 Mar. 2007 <http://secure.britannica.com/eb/article-9106475>.
  4. Republican Jurists


Precedido por:
Lúcio Emílio Bárbula e Quinto Márcio Filipo
Cônsul da República Romana com Públio Valério Levino
280 a.C.
Sucedido por:
Públio Sulpício Saverrião e Públio Décio Mus
Precedido por:
desconhecido
Pontifex Maximus da República Romana

254 a.C.
Sucedido por:
Lúcio Cecílio Metelo