Unção

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Unção tem múltiplas definições, como o processo seguido, normalmente religioso, que envolve a aplicação de substâncias oleosas naquele que, em decorrência da mesma, receberá uma influência espiritual (sendo assim ungido e curado pela unção posta no oléo), como também (segundo os cristãos) o revestimento do Poder do Espírito Santo de Deus ou a capacitação sobrenatural dada por Deus para que se possa desempenhar algo (na Igreja ou fora dela ).

Atualmente nas igrejas, principalmente as pentecostais e neo-pentecostais, costuma-se confundir unção com manifestações espirituais, como o falar em línguas, mas, a unção na definição bíblica, não é uma manifestação, mas uma capacitação, algo que permanece.

Quando uma pessoa é ungida ela é capacitada para devidos fins, é uma expressão exata de quando a pessoa esta cheia da graça ou poder divino. Tem um sentido peculiar que exprime autoridade e poder. (Êxodo 29,21) "Aspergirás Aarão e suas vestes, e igualmente seus filhos e suas vestes, com o sangue tomado do altar e com o óleo de unção. Eles serão assim consagrados, ele e suas vestes, bem como seus filhos e suas vestes."

Ver também[editar | editar código-fonte]