Vickers VC-10

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vickers VC-10
Um Vickers VC-10 da BOAC
Tipo Jato comercial
Fabricante Reino Unido Vickers
Primeiro voo 29 de junho de 1962 (51 anos)
Capacidade 151 passageiros
Custo unitário 1,5 milhão de libras esterlinas
Comprimento 48,36 metros
Envergadura 44,55 metros
Altura 12,04 metros
Velocidade máxima 933 km/h
Altitude máxima 13.105 metros
Peso máx. decolagem 151.900 kgf

O Vickers VC-10 é um jato comercial britânico desenvolvido pela Vickers em 1962. O jato foi desenhado para operar em rotas de longas distâncias com velocidade subsônica e capaz de operar nos quentes aeroportos africanos. Hoje em dia algumas aeronaves continuam em serviço como aviões de reabastecimento em voo e transporte com a RAF. Tirando que, o VC-10, teve fraco sucesso comercial, grande parte das pessoas considera que ele é uma aeronave elegante e até de bonito design. Com suas 4 turbinas Rolls-Royce Conway agrupadas em paewa atras do VC-10. O VC-10 é barulhento para os padrões atuais, para aquela época era considerado, pelos passageiros, quieto e confortável. Isso foi algo que o operador original, a BOAC, fez questão de descrever como 'triunfante, sereno e silencioso, slogans usados pela BOAC para fazer propaganda dessa aeronave.

No geral, o VC-10 é considerado um jato de linha de segunda geração por causa da adição do inovador conceito de fuselagem em tandem com motores turbofan, o elegante VC-10 era também um produto de uma forte politica nacionalista de compra e tem a ver com o prestigio pós-guerra depois da liderança, e da perda, com o de Havilland Comet

Variantes[editar | editar código-fonte]

Comerciais uso em linhas aéreas
  • Vickers V.C.10 Tipo 1100: Protótipo um construído (um convertido para Tipo 1109).
  • BAC VC10 Tipo 1101: 35 encomendados somente 12 construídos para a BOAC Standards.
  • BAC Standard VC10 Tipo 1102: 3 construídos para a Ghana Airways.
  • BAC Standard VC10 Tipo 1103: 2 construídos para a BUA Standards.
  • BAC Standard VC10 Tipo 1104: 2 encomendados pela Nigéria Airways nenhum construído.
  • BAC Standard VC10 Tipo 1109: Convertido do Tipo 1100 para a Laker Airways.
  • BAC Super VC10 Tipo 1150: Genérico Super VC10.
  • BAC Super VC10 Tipo 1151: 22 encomendados e 17 construídos para BOAC Supers.
  • BAC Super VC10 Tipo 1152: 13 encomendados pela BOAC Supers nenhum construído.
  • BAC Super VC10 Tipo 1154: 5 construídos para a East African Airways.
Uso militar (RAF)
  • VC10 C1: designação da RAF para o VC10 Tipo 1106, 14 construídos, 13 convertidos em VC10 C1K.
  • VC10 C1K: designação da RAF para 13 VC10 Tipo 1180 para aeronave de transporte/tanque convertido do VC10 C1.
  • VC10 K2: designação da RAF para 5 VC10 Tipo 1112 para reabastecimento em voo convertidos do Tipo 1101.
  • VC10 K3: designação da RAF para 4 VC10 Tipo 1164 para reabastecimento em voo convertidos do Tipo 1154.
  • VC10 K4: designação da RAF para 5 VC10 Tipo 1170 para reabastecimento em voo convertidos do Tipo 1151.
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.