Yvonne de Gaulle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde dezembro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Yvonne de Gaulle
Yvonne de Gaulle
Primeira-dama da  França
Mandato 8 de janeiro de 1959 - 28 de abril de 1969
Antecessor(a) Germaine Coty
Sucessor(a) Claude Pompidou
Vida
Nascimento 22 de maio de 1900
Calais, Pas-de-Calais,  França
Morte 8 de novembro de 1979 (79 anos)
Paris,  França
Dados pessoais
Primeiro-cavalheiro Charles de Gaulle (1921 - 1970)
Profissão Política

Yvonne de Gaulle, nascida Yvonne Charlotte Anne Marie Vendroux (Calais, 22 de maio de 1900Paris, 8 de novembro de 1979) foi a esposa do 16º Presidente da França, Charles de Gaulle e Primeira-dama de 1959 a 1969. Yvonne Vendroux nasceu em uma família de industriais da Borgonha. Seu sobrenome provém do neerlandês "Van Droege", mas foi adaptado para o francês "Vendroux" durante o reinado de Luís XIV. Yvonne ficou conhecida como "Tia Yvonne" tamanha sua popularidade para com o povo francês.

Casamento e Família[editar | editar código-fonte]

Yvonne se casou com o general Charles de Gaulle em 7 de abril de 1921. Desta união, lhe proveram três filhos: Philippe (em 1921), Elisabeth (em 1924) e Anne , nascida com uma deficiência em 1928 e falecida em 1948. A família residiu na propriedade La Boisserie, em Colombey-les-Deux-Églises até o estopim da II Guerra Mundial, quando tiveram de se mudar para Londres. Em 1948, criou a Fundação Anne de Gaulle em memória à sua filha falecida no mesmo ano.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.