Álefe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Álef)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Álefe (desambiguação).
                       Alef               Bet
Fenício Hebraico Aramaico Siríaco Árabe
Alef א Alef ܐ
Derivação
alfabética
Grego Latim Cirílico
Α A А
Representação fônica: ʔ
Posição no alfabeto: 1
Valor (Gematria) numérico: 1

Álefe[1] ou alefe[2] (א), é a primeira letra de vários abjads semíticos, como no árabe ﺍ do e o fenício Phoenician aleph.png.

O álefe originalmente representava a parada glotal (IPA:[ʔ]), geralmente transliterada como "ʾ". O álefe fenício deu origem ao Alpha grego, que não significava a parada glotal, mas sim a vogal /a/. Do Alpha veio o A latino e o A cirílico.

Álefe hebraico (א)[editar | editar código-fonte]

A origem do nome álefe é o desenho de um touro, ou álufe em hebraico antigo.

Na literatura, o escritor argentino Jorge Luís Borges denomina de Álefe o ponto que contém todo o universo. Como em uma epifania, "Álefe" é uma compreensão universal através da observação de um ponto que reúne "tudo ao mesmo tempo, e agora".

Álefe é o nome do personagem interpretado pelo ator Hugo Bonemer em Rock in Rio - O Musical tida como a primeira superprodução musical nacional e demarcando uma nova fase na produção teatral.

Normalmente simboliza o começo de algo. Provém da letra fenícia álefe Phoenician aleph.svg, semelhante à letra grega Alfa (A, α), a letra A do alfabeto latino e seu equivalente cirílico. Ela não possui sonorização e é utilizada apenas para indicar uma vogal sem acompanhamento de uma consoante. O hebraico é uma linguagem silábica onde somente as consoantes são representadas e as vogais são apenas anexadas através de pontos de leitura, somente presentes em hinários e livros infantis. Na crença da Cabala o Alef tem seu papel fundamental em toda a mística.[3]

Codificação[editar | editar código-fonte]

Unicode UTF-16 U+05d0
Nome Unicode HEBREW LETTER ALEF
HTML א
ISO 8859-8 0xe0

Álefe árabe (ﺍ)[editar | editar código-fonte]

Álefe é a primeira letra do alfabeto árabe.

Historicamente, álefe podia representar ou a parada glotal (IPA:[ʔ]) ou a vogal longa /aː/. Isso levou a uma confusão ortográfica e à introdução de um símbolo para indicar a parada glotal: o Hamza (ﺀ), que geralmente fica em cima ou embaixo do álefe, do Yāʾ ou do Waw.

O álefe mada (ﺁ) é uma letra especial que representa a vogal longa junto com a parada glotal (ʾā) ou a vogal curta entre duas paradas glotais (ʾaʾ).

O álefe maqueçura (ﻯ) representa a vogal longa ā (o mesmo som de um álefe regular /aː/), mas só deve aparecer no final da palavra.

O álefe, ao contrário da maior parte das letras árabes, só tem duas formas (sem contar os álefes especiais):

Isolada Final

Referências

  1. «Álefe». Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa. Michaelis 
  2. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, verbete Alefe
  3. hebraicopro. «Alefbet». Consultado em 3 de fevereiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.