Gematria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Guematria)

Gematria é o método hermenêutico de análise das palavras bíblicas somente em hebraico, atribuindo um valor numérico definido a cada letra. É conhecido como "numerologia judaica" e existe na Torá (Pentateuco). [1]

A cada letra do alfabeto hebraico é atribuído um valor númerico, assim, uma palavra é o somatório dos valores das letras que a compõem. As escrituras são então explicadas pelo valor numérico das palavras. [2][3]

Tal lógica estava presente na produção de midrash e consolidou-se durante a Idade Média, próximo à época das cruzadas, mas ainda é utilizada, compilada primeiramente no Talmude e posteriormente em tratados da Cabala. [4]

Palavras de iguais valores numéricos são consideradas como explicativas umas das outras e a teoria também se estende às frases. Assim como exemplo temos a letra ShIN (ש) valor 300, número equivalente ao valor numérico da palavra RVCh ALHIM, Ruach Elohim, o Espírito de Elohim. A letra Shin é, portanto, um símbolo do Espírito de Elohim (repare que o desenho da letra possui três flamas). Temos R (ר)=200, V (ו)=6, Ch (ח)=8, A (א)=1, L (ל)=30, H (ה)=5 ou Y (י)=10, M (מ)=40 donde 200+6+8+1+30+5+10+40=300.

Similarmente temos AchD (אחד), Achad (Unidade), e AHBH (אהבה), Ahebah (Amor) têm o mesmo valor numérico 13.

AchD – A=1, Ch=8, D=4 (1+8+4=13)

AHBH – A=1, H=5, B=2, H=5 (1+5+2+5=13)

Isto quer significar que Amor é Unidade. Existe infinito número de exemplos. Note-se também que a palavra (ou Nome) IHVH (יהוה), outro nome para Deus, tem valor (10+5+6+5=26) que é o dobro de 13. Isto pode ser estudado aprofundando nos estudos da guematria.

Um outro exemplo famoso do uso da Guematria é quanto à origem da relação do 666 como o Número da Besta. Este número é o valor da Guematria do nome Imperador Romano Nero em Hebraico - קסר נרו. Esta relação se deu pelo fato deste Imperador, contemporâneo ao início do Cristianismo, ser um perseguidor implacável dos praticantes desta fé, que ainda mantinham muitos laços com a tradição judaica, bem como a utilização da Guematria.[5]

Referências

  1. Bond, Frederick Bligh (1977). Gematria: A Preliminary Investigation of the Cabala Contained in the Coptic Gnostic Books, and of a Similar Gematria in the Greek Text of the New Testament : Showing the Presence of a System of Teaching by Means of the Doctrinal Significance of Numbers, by which the Holy Names are Clearly Seen to Represent Aeonial Relationships which Can be Conceived in a Geometric Sense and are Capable of a Typical Expression of that Order (em inglês). [S.l.]: Research into Lost Knowledge Organization. p. 60, 92. 111 páginas. ISBN 9780722503553 
  2. Universidad de Granada (2006). Miscelánea de estudios árabes y hebraicos: Sección de hebreo, Volume 55 (em espanhol). [S.l.]: Universidad de Granada 
  3. Pawson, Marke (2005). Gematria (em inglês). [S.l.]: Green Magic. 180 páginas. ISBN 9780954723002 
  4. Magid, Shaul (2008). From Metaphysics to Midrash: Myth, History, and the Interpretation of Scripture in Lurianic Kabbala (em inglês). [S.l.]: Indiana University Press. 368 páginas. ISBN 9780253000378 
  5. «Guematria, a numerologia judaica». Israel em Casa. 25 de setembro de 2020. Consultado em 19 de agosto de 2021