Árpád

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Árpád da Hungria

Árpád (ca. 850907), filho de Álmos, é considerado o primeiro governante da Hungria, o provável chefe das tribos magiares e o fundador da Casa de Árpád.

Segundo algumas crônicas medievais (não muito confiáveis), sete tribos proto-magiares elegeram-no chefe em Etelköz por volta de 890. Ele teria sido o príncipe (fejedelem) dos proto-magiares por 20 anos e teria morrido em 907 d.C. O documento bizantino De Administrando Imperio registra, em torno de 950 (tradução da versão em inglês): "Antes deste Árpád, os magiares nunca haviam tido outro príncipe reinante e, desde então e até hoje, o príncipe reinante da Hungria tem sido daquela família". Outras fontes, porém, dão a entender que existiria um segundo príncipe reinante, chamado Kursan, que estaria no mesmo nível de Árpád ou seria o seu segundo.

Após promoverem diversas incursões e saques na Europa a partir dos anos 860, os proto-magiares em Etelköz, chefiados por Árpád e sob pressão dos pechenegues ao leste, decidiram atravessar os Cárpatos definitivamente. Em 896, ocuparam a parte superior do rio Tisza, de onde incursionavam pela Europa Central e Ocidental, e em 900/901 mudaram-se para a Panônia. À época da ocupação em 896, os proto-magiares contavam cerca de 200 000 a 250 000 pessoas.

Segundo a obra De Administrando Imperio, de Constantino VII Porfirogênito, eram os seguintes os filhos de Árpád:

  • Tarhos (Tarkacsu)
  • Üllő (Jeleg)
  • Jutas (Jutocsa)
  • Zolta (Zaltasz)

Árvore genealógica da Casa de Árpád[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
-
Rei da Hungria
895907
Sucedido por
Tacsonio de Hungria
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.