A Cela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Cela
The Cell
 Estados Unidos
2000 •  cor •  107 min 
Direção Tarsem Singh
Roteiro Mark Protosevich
Elenco Jennifer Lopez
Vincent D'Onofrio
Vince Vaughn
Jake Weber Musetta Vander
Gênero ficção científica
Companhia(s) produtora(s) New Line Cinema
Idioma Inglês
Cronologia
Último
The Cell 2
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

A Cela[1][2] (The Cell) é um filme americano de 2000, dirigido por Tarsem Singh.

Carl Stargher é um assassino em série que ficou em coma sem revelar onde está sua última vítima. O agente Novak ajuda Catherine Deane, uma psiquiatra, a entrar na mente do psicopata para averiguar o paradeiro da jovem inocente.

A psiquiatra, interpretada porJennifer Lopez, tem então 40 horas para entrar na mente do psicopata e descobrir onde está sua última vítima.

Stargher tinha uma maneira cruel de eliminar suas presas. Ele criou a The Cell, uma câmara de vidro em que as vítimas, todas do sexo feminino, eram colocadas para morrer lentamente, à medida que a câmara ia se enchendo de água até virar um espécie de aquário tenebroso.

Dentro dos confins de uma fazenda abandonada, Carl Stargher (Vincent D'Onofrio), um assassino cruel e psicologicamente instável, construiu "A Cela", uma câmara para onde ele leva suas jovens e inocentes vítimas, antes de dar início a um sádico ritual pós-morte com seus corpos.

Quando o FBI finalmente consegue capturar Stargher, ele sofre um violento ataque apoplético e entra em coma, sem dar nenhuma pista sobre a localização da Cela.

Com uma jovem presa na câmara e tendo apenas mais 40 horas de vida, o FBI decide então procurar a Dra. Catherine Deane (Jennifer Lopez), uma terapeuta infantil que utiliza um avançado estudo neurológico que, misturado com habilidades empáticas e tecnologia de ponta, permite que alguém entre na mente de pessoas catatônicas, no intuito de ajudá-las a voltar realidade. Com a vida de uma jovem em perigo, Catherine concorda em usar o avançado método no próprio Carl Stargher, no intuito de descobrir qual a localização da Cela, com a própria terapeuta entrando na mente do assassino.

Apesar do gabarito dos profissionais envolvidos na produção, o filme recebeu críticas negativas por apresentar um visual rebuscado, que lembra um videoclipe, sustentado por uma narrativa muito fraca.

Não bastasse isso, grupos católicos acusaram A Cela de blasfêmia por causa de suas cenas violentas, (em uma delas o personagem de Vince Vaugh tem seu intestino arrancado), e principalmente por cometer sacrilégio ao mostrar Jennifer Lopez vestida de Virgem Maria.

O diretor defendeu-se, dizendo que a tal cena não se refere à santa católica, mas à "deusa brasileira das àguas, Iemanjá", e que o estripamento foi baseado em atos da própria Igreja Católica durante a Santa Inquisição.

Mesmo com toda a polêmica, o filme foi um sucesso de público, e chegou a ocupar o segundo lugar nas bilheterias americanas.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. The Cell - SAPO Cinema
  2. A Cela - adorocinema.com
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.