Adrian Mutu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Adrian Mutu
Adrian Mutu 2.jpg
Informações pessoais
Nome completo Adrian Mutu
Data de nasc. 8 de janeiro de 1979 (42 anos)
Local de nasc. Călineşti, Roménia
Altura 1,70 m
Destro
Informações profissionais
Número 10
Posição Atacante (aposentado)
Clubes de juventude
19871996 Romênia Argeş Piteşti
Clubes profissionais
Anos Clubes
19961999
19992000
2000
20002002
20022003
20032005
20052006
20062011
20112012
20122013
2014
20152016
2016
Romênia Argeş Piteşti
Romênia Dínamo Bucareste
Itália Internazionale
Itália Verona
Itália Parma
Inglaterra Chelsea
Itália Juventus
Itália Fiorentina
Itália Cesena
França Ajaccio
Romênia Petrolul Ploieşti
Índia Pune City
Romênia ASA Târgu Mureș
Seleção nacional
1995
19961997
19982000
20002013
Flag of Romania.svg Romênia Sub-16
Flag of Romania.svg Romênia Sub-18
Flag of Romania.svg Romênia Sub-21
Flag of Romania.svg Romênia

Adrian Mutu (Călineşti, 8 de Janeiro de 1979) é um ex-futebolista Romeno que atuava como atacante..

Carreira[editar | editar código-fonte]

Atuou em alguns times italianos, com maior destaque na Fiorentina de 2006 até 2011 e no Chelsea no início da era rica do Chelsea. Jogou também no futebol francês, antes de já veterano voltar para a Romênia.

Considerado no seu auge com a camisa da Viola um dos melhores atacantes da Serie A. Ganhou o premio de melhor jogador romeno em quatro oportunidades nos anos de 2003, 2005, 2007 e 2008. Também tem o Guerin d'Oro no ano de 2007.

Seleção nacional[editar | editar código-fonte]

Adrian Mutu foi um dos principais nomes do seu pais no início dos anos 2000, sendo convocado de 2000 até 2013, sendo o maior artilheiro da seleção na história junto com Gheorghe Hagi ambos com 35 gols marcados.

Doping[editar | editar código-fonte]

Em 2004, então no Chelsea, Mutu foi pego no exame antidoping, devido ao uso de cocaína. Além de ter sido suspenso pela FIFA por sete meses, o clube inglês rescindiu o contrato do jogador por justa causa. Após se transferir para a Juventus, o Chelsea entrou com ação na FIFA contra o atacante, pedindo ressarcimento pelas violações no contrato de trabalho.

Ficou decidido que Mutu deveria indenizar o Chelsea em US$ 20 milhões. Posteriormente o jogador recorreu ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), à justiça suíça e por fim ao Tribunal Europeu de Direitos Humanos, mas a sentença inicial foi mantida.[1]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Dínamo Bucareste
Chelsea
Juventus
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Adrian Mutu

Referências

  1. «Romeno pagou caro por doping. E movimento esportivo festejou». leiemcampo.blogosfera.uol.com.br. Consultado em 6 de agosto de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]