Agnosia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Agnosia
Mesmo familiares podem não ser mais reconhecidos pela vítima de agnosia.
Classificação e recursos externos
CID-10 R48.1 F80.2 F88.f
CID-9 784.69
MedlinePlus agnosia
MeSH D000377
Star of life caution.svg Aviso médico

Agnosia (do grego antigo a+gnosis, não conhecimento) na perda ou deterioração da capacidade para reconhecer ou identificar objetos apesar de manterem a função sensorial intacta (visão, audição e tato). [1]

Características[editar | editar código-fonte]

Geralmente é causada por acidente vascular cerebral e impede a vítima de reconhecer objetos, pessoas e estímulos mesmo com os sentidos intactos.

A perda da capacidade de reconhecer pode incluir objectos, pessoas, sons e formas. Uma pessoa com agnosia pode, por exemplo, ter visão normal e não ter capacidade de reconhecer objetos cotidianos, pessoas familiares ou mesmo sua própria imagem no espelho.

Agnosia se restringe aos casos onde estão conservadas a integridade das vias nervosas aferentes e existem lesões corticais na vizinhança da área de projeção, nas chamadas áreas parassensoriais, mantém-se a integridade das sensações elementares, porém, há alteração do ato perceptivo. Ou seja, não pode ser causada por dificuldade em ver, ouvir ou tocar.

Assim sendo, Agnosia não é uma alteração exclusiva das sensações nem exclusiva da capacidade central de perceber objetos externos, mas uma alteração intermediária entre as sensações e a percepção. Em alguns casos, observa-se a perda da intensidade e da extensão das sensações, permanecendo inalteradas as sensações elementares, em outros há integridade e extensão, mas perda da capacidade de reconhecimento dos objetos.

Tipos[editar | editar código-fonte]

O tipo depende do tipo de dificuldade de reconhecimento[2] :

  • Agnosia visual (incapaz de reconhecer objetos com a visão)
    • Agnosia aperceptiva (incapaz de lembrar informações sobre os objetos)
      • Simultagnosia (incapaz de reconhecer múltiplos objetos simultaneamente)
    • Agnosia associativa (incapaz de nomear e utilizar objetos)
  • Agnosia auditiva (incapaz de reconhecer sons)
  • Agnosia tátil ou astereognose (incapaz de reconhecer com o toque)

Pessoas que recuperam a visão costumam passar por um período de agnosia visual.

Causas[editar | editar código-fonte]

Agnosia podem resultar de problemas no lobo temporal ou no lobo occipital causada por:

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Star of life caution.svg
Advertência: A Wikipédia não é consultório médico nem farmácia.
Se necessita de ajuda, consulte um profissional de saúde.
As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento.

Depende da causa, mas costuma ser sintomático, funcional e de apoio psicológico. Na reabilitação das funções neurológicas atividades cotidianas como alimentação, higiene e socialização adequada são praticadas pelo paciente e pelos familiares cuidadores para ajudá-lo a lidar com as dificuldades da rotina e desenvolver habilidades que permitam contornar os problemas causados pela agnosia. O prognóstico depende da causa e da gravidade da lesão cerebral.[3]

Referências