Alex Raymond

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Alex Raymond (nascido Alexander Gillespie Raymond; 2 de Outubro de 1909, em New Rochelle, Nova Iorque - 6 de Setembro de 1956) foi desenhista dos Estados Unidos, criador de personagens como Rip Kirby (1946) (br.: Nick Holmes),[1] Agente Secreto X-9 (1934) e Flash Gordon (1934). Seu virtuosismo e realismo nos desenhos inspirou o estilo de vários artistas e até muitos anos depois da sua morte, continua a influenciar o trabalho dos artistas de quadrinhos.

Depois de alguns trabalhos como assistente no final dos anos 20, nas séries Tim Tyler's Luck e Tillie the Toiler, Raymond alcançou a notoriedade quando foi contratado em 1934 para desenhar Flash Gordon, um personagem concorrente de Buck Rogers, o primeiro heróis espacial do gênero. Para completar a página, ele desenhou Jungle Jim (br.:Jim das Selvas), inspirado nas aventuras da selva de Tarzan. Seus personagens pareciam criados por encomenda para concorrerem com outros. Assim, Jim das Selvas veio para fazer frente ao Tarzan, o Agente X-9 a Dick Tracy e Flash Gordon ao Buck Rogers. Esta semelhança levou a Johnny Weissmuller (o eterno Tarzan) dar vida também ao Jim das Selvas no cinema. E Buster Crabbe, o primeiro a(c)tor que interpretou Flash Gordon, a também encarnar a figura de Tarzan.

Depois dos êxitos nos anos 30 e início dos anos 40, Raymond interrompeu em 1944 a carreira para lutar na Segunda Guerra Mundial, servindo como fuzileiro nas batalhas do Pacífico. Ao retornar da Guerra, ele retomou o trabalho artístico anterior, criando outro personagem de sucesso internacional: Rip Kirby.[2] Por esse trabalho ele recebeu o prêmio Reuben em 1949, concedido pela National Cartoonists Society.

Referências

  1. Callari, Alexandre; Zago, Bruno; Lopes, Daniel. Quadrinhos no Cinema 2. [S.l.]: Editora Évora, 2012. p. 229. ISBN 978-8-563-99339-7
  2. Quadrinhos e neocolonialismo: Jim das Selvas, a concorrência de Tarzan
Ícone de esboço Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.