Buck Rogers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Buck Rogers
Airlordsofhan.png

Buck Rogers maneja por controle remoto uma esfera flutuante (março de 1929)
Dados da publicação
Publicado por Amazing Stories
Primeira aparição Agosto de 1928
Criado por Philip Francis Nowlan
Características do personagem
Alter ego Anthony Rogers
Afiliações Wilma Deering, Dr. Huer
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Buck Rogers é um personagem de pulps e histórias em quadrinhos, criado em 1928 como Anthony Rogers, herói de duas novelas de Philip Francis Nowlan publicadas na revista Amazing Stories. Rogers tornou-se mais conhecido por uma duradoura série de tiras publicadas em jornais. Ele também estrelou um seriado cinematográfico, uma série de televisão, um jogo de computador e muitos outros formatos de mídia.

Capa da Amazing Stories, Volume 3, número 5, Agosto de 1928, onde foi publicado o conto Armageddon 2419 A.D., primeira aparição de Buck Rogers. A capa ilustra The Skylark of Space de E. E. Smith, não Buck Rogers. Ilustração de Frank R. Paul.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Philip Nowlan e o syndicate John F. Dille Company, mais tarde conhecido como o National Newspaper Syndicate, foram contratados para adaptar o romance para as tiras de jornal. Nowlan e Dille contrataram o cartunista Dick Calkins, Nowlan adaptou o primeiro episódio de Armageddon 2419 A.D., AD e mudou o nome do herói de Anthony Rogers para Buck Rogers. A tira foi publicada pela primeira vez em 7 de janeiro de 1929.[1]

As aventuras de Buck Rogers, seja sob a forma de histórias em quadrinhos, filmes, rádio ou televisão, tornaram-se parte importante da cultura pop estadunidense. Este fenômeno pop desenvolveu-se paralelamente ao desenvolvimento da tecnologia espacial no século XX e apresentou o espaço aos norte-americanos como um ambiente familiar para aventuras extravagantes.

Buck Rogers tem sido creditado por levar às massas o conceito de exploração espacial, seguindo as pegadas de pioneiros da literatura como H.G. Wells.


Buster Crabbe, atleta campeão de natação e ator, intérprete de Buck Rogers no seriado de 1939, que levou o herói das histórias em quadrinhos para a tela do cinema.

Revistas em quadrinhos[editar | editar código-fonte]

Ao longo dos anos, tem havido muitas aparições Buck Rogers em revistas em quadrinhos, bem como sua própria série. Na década de 1930, Buck apareceu em 69 edições de Famous Funnies, em seguida, aparições 2 vezes em Vicks Comics, ambos publicados pela Eastern Color Printing. Em seguida, em 1940, Buck começou sua revistas intitulada Buck Rogers, que durou seis edições, novamente publicados pela Eastern Color Printing.


Em 1933, Whitman (uma selo da Western Publishing) produziu 12 edições da revista Buck Rogers. A Kelloggs Cereal Company produziu duas revistas de brinde de Buck Rogers, um publicada 1933 e outra em 1935. Em 1951, Toby Press lançou 3 edições de Buck Rogers, todas as republicações de tiras de jornal. Em 1955, uma empresa australiana chamada Atlas Productions produziu 5 edições de Buck Rogers in the 25th Century.

Gold Key Comics publicou uma única edição de uma revista em quadrinhos de Buck Rogers, publicada em 1964.

A segunda série foi baseado na série de televisão 1979 e foi publicada entre 1979 e1982, primeiro pela Gold Key, em seguida, ppela Whitman Publishing, continuando a numeração a partir da única edição 1964.

A TSR, Inc. publicou uma série de 10 edições com base no jogo Buck Rogers XXVC de 1990 a 1991.

Em 2009, Dynamite Entertainment começou uma série mensal de quadrinhos de Buck Rogers, escrita por Scott Beatty e ilustrada por Carlos Rafael. A primeira edição foi lançada em maio de 2009. A série teve 13 questões (# 0-12), mais um anual, posteriormente, reunidos em duas edições encadernadas.


Em 2012, Hermes Press anunciou uma nova série de quadrinhos com arte de Howard Chaykin.[2] A série estreou em agosto de 2013.


Adaptações[editar | editar código-fonte]

Cinema



Televisão
  • Buck Rogers - primeira serie de televisão de 1950 a 1951


Jogos
Buck Rogers XXVC

Em 1988, a TSR, Inc. criou um cenário de campanha baseado em Buck Rogers, chamada Buck Rogers XXVC. Muitos produtos foram produzidos que foram criados neste universo, incluindo histórias em quadrinhos, romances, jogos de RPG e vídeo games. Nos RPGs, os personagens eram aliados de Buck Rogers e NEO (New Earth Organisation) em sua luta contra a RAM (uma empresa russa-americana com base em Marte).


  • Buck Rogers: Battle for the 25th Century - jogo de tabuleiro criado por Jeff Grub e publicado pela TSR, Inc. em 1988.
  • Buck Rogers, the XXVth Century - um RPG, por Michael Alyn Pondsmith, publicado em 1990 por TSR.
  • High Adventure Cliffhangers Buck Rogers Adventure Game - um RPG por Jeff Grubb e Steven Schend também publicado pela TSR em 1993, mas sem relação com o anterior.
Vídeo game

Adaptados a partir dos jogos da TSR:

  • Buck Rogers Planèt of Zoom - lançado em 1982 pela SEGA
  • Buck Rogers: Countdown to Doomsday - um RPG eletrônico lançado pela , Strategic Simulations, Inc. em 1990.
  • Buck Rogers: Matrix Cubed - sequência de Buck Rogers: Countdown to Doomsday lançado em 1992
Livros

Vários arcos de história das tiras de jornal foram adaptados para Big Little Books e livros pop-up.

Dez romances criados no universo XXVC foram publicados, a partir de 1989:

  • Arrival (antologia) por Flint Dille, Abigail Irvine, Melinda Seabrooke (M.S.) Murdock, Jerry Oltion, Ulrike O'Reilly & Robert Sheckley (TSR, Mar 1989, ISBN 0-88038-582-0)

The Martian Wars Trilogy

The Inner Planets Trilogy

Invaders of Charon Trilogy

  • The Genesis Web por Ellen C. & Theodore M. Brennan (C.M. Brennan) (TSR, Maio de 1992, ISBN 1-56076-093-1)
  • Nomads of the Sky por William H. Keith, Jr. (TSR, Outubro de 1992, ISBN 1-56076-098-2)
  • Warlords of Jupiter por William H. Keith, Jr. (TSR, Fevereiro de 1993, ISBN 1-56076-576-3)


Sequências autorizadas de Armageddon 2419 A.D. foram escritos na década de 1980 por outros autores que trabalham a partir de um esboço co-escrito por Larry Niven e Jerry Pournelle e vagamente amarrados com o seu best-seller 1977 Lucifer's Hammer. A primeira sequência começa c. 2476 dC, quando um viúvo e rabugento Anthony Rogers de 86 anos é misteriosamente rejuvenescido durante um ressurgimento dos presumidos extintos Han, agora chamados de Pr'lan. Os romances incluem:


Numerosos romancistas reinventaram ou adaptaram o mito de Buck Rogers ao longo dos anos, incluindo:


Sátira[editar | editar código-fonte]

Buck Rogers é satirizado na série Duck Dogers no século 24½, protagonizada por Patolino.

Referências

  1. Dewey Cassell, Aaron Sultan, Mike Gartland. The Art of George Tuska. [S.l.]: TwoMorrows Publishing, 2005. 103 p. 9781893905405
  2. Thiago Colás (15/05/2013). Detalhes do Buck Rogers de Howard Chaykin HQManiacs.
  • Strickler, Dave. Syndicated Comic Strips and Artists, 1924-1995: The Complete Index. Cambria, CA: Comics Access, 1995. ISBN 0-9700077-0-1.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) personagem de Banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.