Algis Uždavinys

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Algis Uždavinys
Nascimento 26 de abril de 1962
Vilnius
Morte 25 de julho de 2010
Kabeliai
Alma mater
  • Academia de Arte de Vilnius
Ocupação Filósofo, acadêmico
Principais interesses Metafísica, esoterismo, simbolismo, mitologia, sufismo, filosofia grega, neoplatonismo, textos religiosos, religião comparada
Ideias notáveis Crítica do estudo acadêmico clássico moderno; unidade essencial dos misticismos egípcio, grego e islâmico.

Algis Uždavinys (1962–2010) foi um prolífico filósofo e estudioso lituano. Seu trabalho foi pioneiro no estudo comparativo hermenêutico das religiões egípcia e grega, especialmente suas relações esotéricas com as religiões semíticas e, em particular, o aspecto interno do Islã (Sufismo). Seus livros foram publicados em lituano, russo, inglês e francês, incluindo traduções de Plotino, Frithjof Schuon e Ananda Coomaraswamy para russo e lituano.

Vida pregressa[editar | editar código-fonte]

Nascido em Druskininkai, no rio Nemunas, no sul da Lituânia, Uždavinys mudou-se para Vilnius para estudar no antigo Instituto de Arte do Estado da Lituânia, hoje Academia de Belas Artes de Vilnius.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Após a formatura, ele entrou em contato com os escritos e autores da escola tradicionalista ou perenialista, e isso influenciou sua exegese comparativa, nomeadamente os seus estudos sobre o Sufismo, a religião egípcia antiga, e sua afirmação da continuidade substancial da tradição filosófica grega de Pitágoras aos mais recentes autores neoplatônicos.[2] Nesta última afirmação ele estava expressamente em dívida com Pierre Hadot.[2] Em sua obra Philosophy as a Rite of Rebirth, Uždavinys defende de forma acadêmica a origem da filosofia grega como sendo baseada na mitologia e na teologia do Egito antigo.[3]

Uždavinys era um membro ativo do conselho editorial da revista Acta Orientalia Vilnensia [4] e chefe do Departamento de Humanidades da Academia de Belas Artes de Vilnius, Faculdade de Kaunas; como crítico de arte, filósofo e intelectual, ele era uma figura proeminente na vida cultural lituana. Em 2008, ele passou um tempo como pesquisador na Universidade La Trobe, em Bendigo, na Austrália . [5]

Ele foi membro da Sociedade Internacional para Estudos Neoplatônicos [6] e da Associação dos Artistas Lituanos, e colaborador regular de periódicos como Sacred Web,[7] Vancouver e Sophia,[8] Washington DC .

Morte[editar | editar código-fonte]

Uždavinys morreu em seu sono de um aparente ataque cardíaco em 25 de julho de 2010 em sua aldeia natal de Kabeliai.[1]

Trabalho[editar | editar código-fonte]

Livros[editar | editar código-fonte]

Monografias acadêmicas em lituano[editar | editar código-fonte]

  • Labyrinth of Sources. Hermeneutical Philosophy and Mystagogy of Proclus, Vilnius: Lithuanian State Institute of Philosophy and Sociology, Eurigmas, 2002. (ISBN 9986-523-88-5).
  • Hellenic Philosophy from Numenius to Syrianus, Vilnius: Lithuanian State Institute of Culture, Philosophy, and Arts, 2003. (ISBN 9986-638-40-2).
  • The Egyptian Book of the Dead, Kaunas: Ramduva. (ISBN 978-9955-524-06-9).
  • Hermes Trismegistus: The Way of Wisdom, Vilnius: Sophia, 2005. (ISBN 9986-9351-3X).

Capítulos[editar | editar código-fonte]

  • "From Homer to the Glorious Qur’an: Hermeneutical Strategies in the Hellenistic and Islamic Traditions," Sacred Web, vol. 11, 2003.
  • "The Egyptian Book of the Dead and Neoplatonic Philosophy," History of Platonism, Plato Redivivus, eds. Robert Berchman and John Finamore. New Orleans: University Press of the South, 2005.
  • "Chaldean Divination and the Ascent to Heaven," in Seeing with Different Eyes: Essays in Astrology and Divination, eds. Patrick Curry and Angela Voss, Cambridge: Cambridge Scholars Publishing, 2007.

Artigos[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Kazimieras Seibutis, "In memoriam Algis Uždavinys", Acta Orientalia Vilnensia 9.2: 185–187.
  2. a b Ver sua Introdução para The Golden Chain.
  3. Uždavinys, Algis. Philosophy as a Rite of Rebirth: From Ancient Egypt to Neoplatonism. The Prometheus Trust. 2008. ISBN 978 1 898910 35 0. https://themathesontrust.org/publications-files/MTexcerpt-PhilosophyRebirth.pdf
  4. «Archived copy» [ligação inativa] 
  5. See Harry Oldmeadow "In Memoriam: Algis Uždavinys (1962-2010) and his Antipodean Sojourn," Sacred Web 27, 2011.
  6. http://www.isns.us/. Ver também o obituário por J. Finamore International Journal of the Platonic Tradition, vol. 5, no. 1, 2011, pp. 4–5(2).
  7. http://www.sacredweb.com/
  8. http://www.sophiajournal.com/

Links externos[editar | editar código-fonte]