Anderson Freire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde agosto de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Anderson Freire
Informação geral
Nome completo Anderson Ricardo Freire
Nascimento 22 de junho de 1980 (38 anos)
Origem Cachoeiro de Itapemirim, ES
País  Brasil
Gênero(s) Música cristã contemporânea
Instrumento(s) Violão
Extensão vocal Barítono
Período em atividade 2006- atualmente
Gravadora(s) MK Music (2008 - atualmente)
Afiliação(ões) Banda Giom
Página oficial Andersonfreireoficial.com.br

Anderson Ricardo Freire (Cachoeiro de Itapemirim, 22 de junho de 1980) é um cantor conhecido como intérprete de música cristã contemporânea e compositor para uma série de artistas. Fez parte da banda Giom, e saiu para ingressar em carreira solo.[1]

Lançou o primeiro disco da carreira solo no início de 2011. Identidade deu força à sua figura como artista, cuja notoriedade se estendeu com Raridade (2013). Sua discografia ainda abrange projetos ao vivo e os discos de estúdio Anderson Freire e Amigos (2014), Deus não Te Rejeita (2016), que lhe rendeu uma vitória no Grammy Latino,[2] e Contagem Regressiva (2018).

Em poucos anos, Anderson Freire tornou-se um hitmaker no meio religioso, sendo autor de músicas notórias gravadas por vários artistas, como Aline Barros, Davi Sacer, Bruna Karla, PG, Fernanda Brum, Damares, entre outros músicos. Em 2015, foi o segundo compositor brasileiro que mais lucrou com direitos autorais através de execuções nas rádios.[3]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio
Álbuns ao vivo

Álbuns com a banda Giom[editar | editar código-fonte]

  • 2008: Futuro
  • 2010: Coroa de Justiça

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Grammy Latino[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicado Resultado
2013 Melhor Álbum Cristão de Língua Portuguesa[4] Raridade Indicado
Composição Clássica Contemporânea[4] "A Igreja Vem" Indicado
2014 Melhor Álbum Cristão de Língua Portuguesa[5] Anderson Freire e Amigos Indicado
2015 Melhor Álbum Cristão de Língua Portuguesa[6] Anderson Freire Ao Vivo Indicado
2016 Melhor Álbum Cristão de Língua Portuguesa[7] Deus não Te Rejeita Venceu

Troféu Imprensa[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicado Resultado
2016 Melhor Cantor Ele mesmo Indicado

Troféu Promessas[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicado Resultado
2013 Melhor Cantor Ele mesmo Venceu

Referências

  1. Roberto Azevedo. «CD Identidade (Anderson Freire) - Análise». Super Gospel. Consultado em 16 de fevereiro de 2012. 
  2. «Anderson Freire ganha o Grammy Latino». Gospel Prime. Consultado em 13 de abril de 2016. 
  3. Rodrigo Ortega (28 de janeiro de 2016). «Sorocaba bate Roberto Carlos e lidera ranking de direito autoral em shows». G1. Consultado em 13 de maio de 2016. 
  4. a b «Latin Grammys 2014: Complete list of nominees and winners». beta.latimes.com. 21 de novembro de 2013. Consultado em 17 de janeiro de 2018. 
  5. «Latin Grammys 2014: Complete list of nominees and winners». beta.latimes.com. 20 de novembro de 2014. Consultado em 17 de janeiro de 2018. 
  6. «Lista completa de nominados a Latin GRAMMY 2015». Univision. Univision Communications. 23 de setembro de 2015. Consultado em 17 de janeiro de 2018. 
  7. «Lista completa de nominados a Latin GRAMMY 2016». Univision. Univision Communications. 21 de setembro de 2016. Consultado em 1 de novembro de 2016. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.