André Lhote

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
André Lhote
Nome nativo André Lhote
Nascimento 5 de julho de 1885
Bordeaux
Morte 24 de janeiro de 1962 (76 anos)
Paris
Sepultamento Cemitério do Montparnasse
Cidadania França
Ocupação pintor, escultor, crítico de arte

André Lhote (5 de julho de 1885 - 24 de janeiro de 1962) foi um escultor e pintor francês. Ele também foi muito ativo e influente como professor e escritor de arte.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Lhote nasceu em Bordeaux e aprendeu escultura em madeira aos 12 anos de idade, quando seu pai o levou a um fabricante de móveis local para ser treinado como um escultor de madeira. Matriculou-se na École des Beaux-Arts em Bordeaux em 1898 e estudou escultura decorativa até 1904. Enquanto esteve lá, ele começou a pintar em seu tempo livre e saiu de casa em 1905, mudando-se para seu próprio estúdio para se dedicar à pintura. Ele foi influenciado por Gauguin e Cézanne e realizou a sua primeira exposição individual na Galerie Druet em 1910. Quatro anos depois, ele mudou-se para Paris.

Depois de inicialmente trabalhar com o estilo fauvista, Lhote mudou para o cubismo e entrou para o Grupo de Puteaux em 1912. Ele estava ao lado de alguns dos pais da arte moderna, como Gleizes, Villon, Duchamp, Metzinger, Picabia e La Fresnaye. Lhote morreu em Paris em 1962.[1]

Referências

  1. MAC (ed.). «André Lhote». Consultado em 26 de fevereiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.