André Lhote

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
André Lhote em 1925

André Lhote (5 de julho de 1885 - 24 de janeiro de 1962) foi um escultor e pintor francês. Ele também foi muito ativo e influente como professor e escritor de arte.

Lhote nasceu em Bordeaux e aprendeu escultura em madeira aos 12 anos de idade, quando seu pai o levou a um fabricante de móveis local para ser treinado como um escultor de madeira. Matriculou-se na École des Beaux-Arts em Bordeaux em 1898 e estudou escultura decorativa até 1904. Enquanto esteve lá, ele começou a pintar em seu tempo livre e saiu de casa em 1905, mudando-se para seu próprio estúdio para se dedicar à pintura. Ele foi influenciado por Gauguin e Cézanne e realizou a sua primeira exposição individual na Galerie Druet em 1910. Quatro anos depois, ele mudou-se para Paris.

Depois de inicialmente trabalhar com o estilo fauvista, Lhote mudou para o cubismo e entrou para o Grupo de Puteaux em 1912. Ele estava ao lado de alguns dos pais da arte moderna, como Gleizes, Villon, Duchamp, Metzinger, Picabia e La Fresnaye. Lhote morreu em Paris em 1962.[1]

Referências

  1. MAC (ed.). «André Lhote». Consultado em 26 de fevereiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.