Recordes do ATP World Tour

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Esta é uma lista de recordes do ATP World Tour.

Simples[editar | editar código-fonte]

História do Grand Slam[editar | editar código-fonte]

P. Jogador Títulos
1. Suíça Roger Federer 17
2. Estados Unidos Pete Sampras 14
Espanha Rafael Nadal 14
4. Austrália Roy Emerson 12
5. Austrália Rod Laver 11
Suécia Björn Borg 11
7. Estados Unidos Bill Tilden 10
8. Sérvia Novak Djokovic 9
9. Reino Unido Fred Perry 8
Austrália Ken Rosewall 8
Estados Unidos Jimmy Connors 8
Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl 8
Estados Unidos Andre Agassi 8
P. Jogador Finais
1. Suíça Roger Federer 26
2. Espanha Rafael Nadal 20
3. Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl 19
4. Estados Unidos Pete Sampras 18
5. Sérvia Novak Djokovic 17
Austrália Rod Laver 17
6. Austrália Ken Rosewall 16
Suécia Björn Borg 16
8. Austrália Roy Emerson 15
Estados Unidos Jimmy Connors 15
Estados Unidos Andre Agassi 15
Estados Unidos Bill Tilden 15
P. Jogador Vitórias
1. Suíça Roger Federer 281
2. Estados Unidos Jimmy Connors 233
3. Estados Unidos Andre Agassi 224
4. Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl 222
5. Estados Unidos Pete Sampras 203
6. Espanha Rafael Nadal 191
7. Sérvia Novak Djokovic 187
8. Suécia Stefan Edberg 178
9. Austrália Roy Emerson 174
10. Estados Unidos John McEnroe 167
P. Jogador V. % V / D
1. Suécia Björn Borg 88,65 141-16
2. Espanha Rafael Nadal 88,02 191-26
3. Suíça Roger Federer 85,93 281-46
4. Sérvia Novak Djokovic 85,00 187-33
5. Austrália Rod Laver 81,40 129-24
6. Estados Unidos Pete Sampras 81,28 203-38
7. Austrália Ken Rosewall 80,50 159-31
8. Estados Unidos Jimmy Connors 78,97 233-49
9. Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl 77,93 222-49
10. Austrália Roy Emerson 77,59 174-39
  • Jogadores finalistas de todos os torneios de Grand Slam num ano:
    • Jack Crawford (1933), Donald Budge (1938), Frank Sedgman (1952), Lewis Hoad (1956), Rod Laver (1962, '69), Roger Federer (2006, '07, '09)
  • Mais títulos de Grand Slam consecutivos:
    1. Don Budge (1937-'38), 6
    2. Rod Laver (1962, '69), 4
    3. Jack Crawford (1933), Tony Trabert (1955), Lewis Hoad (1956), Roy Emerson (1964-'65), Pete Sampras (1993-'94), Roger Federer (2005-'06, '06-'07), Rafael Nadal (2010), Novak Djokovic (2011-'12) 3
  • Mais presenças em finais de Grand Slam consecutivas:
    1. Roger Federer (2005-'07), 10
    2. Roger Federer (2008-2010), 8
    3. Jack Crawford (1933-'34), 7
    4. Don Budge (1937-'38), Rod Laver (1961-'62), 6
    5. Fred Perry (1934-'35), Fred Stolle (1964-'65), Rafael Nadal (2011-'12) 5
  • Mais presenças em semifinais de Grand Slam consecutivas:
    1. Roger Federer (2004-2010), 23
    2. Novak Djokovic (2010-2013), 14
    3. Rod Laver (1960-'62), Ivan Lendl (1985-'88), 10
    4. Ashley Cooper (1957-'58), 8
  • Mais presenças em quartas de finais de Grand Slam consecutivas:
    1. Roger Federer (2004-2013), 36
    2. Jimmy Connors (1973-'83), 27
  • Mais anos consecutivos a vencer pelo menos dois títulos de Grand Slam em singulares (Era Open):
    1. Roger Federer (2004-'07), 4
    2. Björn Borg (1978-'80), Pete Sampras (1993-'95), 3
  • Mais anos consecutivos a vencer pelo menos um título de Grand Slam em singulares (Era Open):
    1. Rafael Nadal (2005-'14), 10
    2. Björn Borg (1974-'81), Pete Sampras (1993-'00), Roger Federer (2003-'10), 8
    3. Mats Wilander (1982-'85), Ivan Lendl (1984-'87), 4
  • Mais anos consecutivos disputando ao menos uma final simples de torneio do Grand Slam (Open Era):
    1. Ivan Lendl (1981-'91), Pete Sampras (1992-2002), 11
    2. Roger Federer (2003-'12), 10
    3. Rafael Nadal (2005-'14), 10
    4. Björn Borg (1974-'81), 8
  • Mais sets consecutivos vencidos em torneios de Grand Slam (Era Open):
    1. Roger Federer (2006-'07), 36
    2. John McEnroe (1984), 35
    3. Björn Borg (1980), 28

Recordes de carreira[editar | editar código-fonte]

  • Títulos em simples (Era Open) :
Títulos #
1. Estados Unidos Jimmy Connors 109
2. Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl 94
3. Suíça Roger Federer 86
4. Estados Unidos John McEnroe 77
5 Espanha Rafael Nadal 66
6 Suécia Björn Borg 64
Estados Unidos Pete Sampras
8. Argentina Guillermo Vilas 62
9. Estados Unidos Andre Agassi 60
10. Roménia Ilie Năstase 56
Finais #
1. Estados Unidos Jimmy Connors 164
2. Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl 146
3. Suíça Roger Federer 130
4. Estados Unidos John McEnroe 109
5. Argentina Guillermo Vilas 102
6. Roménia Ilie Năstase 96
7. Espanha Rafael Nadal 95
8. Estados Unidos Andre Agassi 90
9. Suécia Björn Borg 88
Estados Unidos Pete Sampras
Semifinais #
1. Estados Unidos Jimmy Connors 235
2. Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl 188
3. Suíça Roger Federer 173
4. Estados Unidos John McEnroe 159
5. Argentina Guillermo Vilas 154
6. Estados Unidos Andre Agassi 138
Suécia Stefan Edberg
8. Roménia Ilie Năstase 132
9. Estados Unidos Pete Sampras 128
10. Espanha Rafael Nadal 124
  • Títulos por tipo de quadra (Era Open):
Saibro
Pos. Jogador Títulos
1. Guillermo Vilas 49
2. Rafael Nadal 46
3. Thomas Muster 40
4. Bjorn Borg 30
5. Manuel Orantes 29
6. Ivan Lendl 28
RelvaPE/ GramaPB
Pos. Jogador Títulos
1. Roger Federer 15
2. Rod Laver 11
3. Pete Sampras 10
Ken Rosewall
Roy Emerson
6. Jimmy Connors 9
Dura
Pos. Jogador Títulos
1. Roger Federer 58
2. Andre Agassi 46
3. Jimmy Connors 44
4. Novak Djokovic 40
5. Pete Sampras 36
6. Ivan Lendl 31
‘’Carpet’’
Pos. Jogador Títulos
1. John McEnroe 43
2. Jimmy Connors 39
3. Ivan Lendl 33
4. Boris Becker 26
5. Bjorn Borg 22
6. Arthur Ashe 18


•Partidas Jogadas/Partidas Vencidas(até 21 de Junho de 2015)

Pos. Jogador Jogos
1. Estados Unidos Jimmy Connors 1531
2. Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl 1310
3. Suíça Roger Federer 1263
4. Argentina Guillermo Vilas 1215
5. Estados Unidos Andre Agassi 1144
6. Roménia Ilie Năstase 1083
7. Estados Unidos John McEnroe 1073
8. Suécia Stefan Edberg 1071
9. Estados Unidos Brian Gottfried 1002
10. Estados Unidos Pete Sampras 984
Pos. Jogador Vitórias
1. Estados Unidos Jimmy Connors 1253
2. Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl 1071
3. Suíça Roger Federer 1030
4. Argentina Guillermo Vilas 929
5. Estados Unidos John McEnroe 875
6. Estados Unidos Andre Agassi 870
7. Suécia Stefan Edberg 801
8. Roménia Ilie Năstase 779
9. Estados Unidos Pete Sampras 762
10. Espanha Rafael Nadal 739
Pos. Jogador W.% W/L **
1. Espanha Rafael Nadal 83,03 739-151
2. Suécia Björn Borg 82,74 609-127
3. Estados Unidos Jimmy Connors 81,84 1,253-278
4. Sérvia Novak Djokovic 81,82 639-142
5. República Checa/Estados Unidos Ivan Lendl 81,76 1,071-239
6. Estados Unidos John McEnroe 81,55 875-198
7. Suíça Roger Federer 81,55 1030-233
8. Estados Unidos Pete Sampras 77,44 762-222
9. Alemanha Boris Becker 76,91 713-214
10. Argentina Guillermo Vilas 76,46 929-286
** = mínimo de 700 partidas
  • Mais títulos do ATP World Tour Finals:
    • 1. Suíça Roger Federer, 6 (Atingido em 2011)
    • 2. Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl, 5 (Atingido em 1987)
    • = Estados Unidos Pete Sampras, 5 (Igualado em 1999)
    • 4. Roménia Ilie Nastase, 4
    • = Sérvia Novak Djokovic, 4 (Igualado em 2014)
    • 5. Estados Unidos John McEnroe, 3
    • = Alemanha Boris Becker, 3
  • Mais títulos do ATP Masters 1000:
    • 1. Espanha Rafael Nadal, 27
    • 2. Sérvia Novak Djokovic, 24
    • 3. Suíça Roger Federer, 23
    • 4. Estados Unidos Andre Agassi, 17
    • 5. Estados Unidos Pete Sampras, 11
  • Maior número de torneios diferentes do ATP Masters 1000 ganhos:
    • 1. Sérvia Novak Djokovic, 8/9 (Atingido no Monte Carlo Masters de 2013)
    • = Suíça Roger Federer, 8/9 (Igualado no Shangai Masters de 2014)
    • 3. Estados Unidos Andre Agassi, 7/9 (Atingido no Madrid Masters de 2002)
    • = Espanha Rafael Nadal, 7/9 (Igualado no Cincinnati Masters de 2013)
    • 5. Estados Unidos Pete Sampras, 5/9 (Atingido no Paris Masters de 1995)
    • = Chile Marcelo Ríos, 5/9 (Igualado no Hamburg Masters de 1999)
    • = Reino Unido Andy Murray, 5/9 (Igualado no Shangai Masters de 2010)

Recordes de uma época[editar | editar código-fonte]

  • Títulos e % vitoriosa
Pos. Jogador Títulos
1. Argentina Guillermo Vilas (1977) 16
2. Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl (1982) 15
= Estados Unidos Jimmy Connors (1974) 15
4. Roménia Ilie Năstase (1973) 14
5. Suécia Björn Borg (1979) 13
= Estados Unidos John McEnroe (1984) 13
7. Roménia Ilie Năstase (1972) 12
= Estados Unidos Jimmy Connors (1976) 12
= Áustria Thomas Muster (1995) 12
= Suíça Roger Federer (2006) 12
11. Estados Unidos Jimmy Connors (1973) 11
= Suécia Björn Borg (1977) 11
= Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl (1985) 11
= Suíça Roger Federer (2004,'05) 11
= Espanha Rafael Nadal (2005) 11
Pos. Jogador  % V.
1. Estados Unidos John McEnroe (1984) .965 (82-3)
2. Estados Unidos Jimmy Connors (1974) .959 (93-4)
3. Suíça Roger Federer (2005) .953 (81-4)
4. Suíça Roger Federer (2006) .948 (92-5)
5. Suécia Björn Borg (1979) .933 (84-6)
6. Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl (1986) .925 (74-6)
= Suíça Roger Federer (2004) .925 (74-6)
8. Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl (1985) .923 (84-7)
9. Suécia Björn Borg (1980) .922 (71-6)
10. Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl (1982) .922 (106-9)
11. Sérvia Novak Djokovic (2011) .921 (70-6)
12. Estados Unidos Jimmy Connors (1976) .919 (91-8)
13. Checoslováquia/Estados Unidos Ivan Lendl (1989) .919 (79-7)
14. Estados Unidos Jimmy Connors (1975) .918 (78-7)
15. Estados Unidos Jimmy Connors (1978) .915 (65-6)
  • Mais títulos ATP Masters 1000 ganhos numa época: Novak Djokovic em 2011, 5
  • Torneios consecutivos ganhos em 3 superfícies diferentes:
    • antes de 1990: Björn Borg em 1979 e Ivan Lendl em 1985 (duas vezes) e em 1989 (únicos jogadores a vencerem em semanas consecutivas)
    • desde 1990: Roger Federer em 2004 (Wimbledon (relva), Gstaad (terra batida) e Toronto Masters (‘’hardcourt’’))
  • Torneio conquistado em três superfícies diferentes: Jimmy Connors. (U.S. Open em 1974 (relva), U.S. Open em 1976 (terra batida), U.S. Open em 1978, 1982 e 1983 (hardcourt))
  • Mais títulos em singulares conquistados como adolescente: Björn Borg e Rafael Nadal, 16.
  • Mais títulos em singulares conquistados como adolescente numa época: Rafael Nadal em 2005, 11.